Sexto Aurélio Vítor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sexto Aurélio Vítor (em latim Sextus Aurelius Victor; ca. 320 — ca. 390) foi um historiador e político do Império Romano.

Aurélio Vítor foi o autor de uma História de Roma, de Augusto a Juliano (360), publicada por volta de 361. Juliano nomeou-o prefeito da Pannonia Secunda.

Possivelmente seja a mesma pessoa que o cônsul em 369, junto ao filho de Valentiniano I, e o prefeito da cidade de Roma (389).[1]

Obras[editar | editar código-fonte]

Foram-lhe atribuídas quatro obras, com maior ou menor certeza:

  1. Origo Gentis Romanae
  2. De Viris Illustribus Romae
  3. De Caesaribus
  4. De Vita Moribus Imperatorum Romanorum excerpta ex Libris Sex. Aur. Victoris .

As quatro foram publicadas geralmente de modo conjunto sob o nome de História Romana, mas a quarta é uma miscelânea da terceira. A segunda foi a primeira a ser impressa em Nápoles em 1472, em quatro tomos, com o nome de Plínio o Novo, e a quarta em Estrasburgo em 1505.

A primeira edição dos quatro livros foi obra de Andreas Schottus (8 volumes, Antuérpia, 1579).

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]