Shavit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O lançamento de um Shavit

Shavit (em hebraico שביט, "Cometa") é o nome de uma família de lançadores orbitais israelenses alimentados por combustíveis sólidos, desenvolvidos a partir dos mísseis balísticos de médio alcance Jericho II, o qual é praticamente idêntico ao foguete espacial sul-africano RSA-3[1]

O Foguetão foi desenhado para o segmento de pequenas cargas (tipicamente satélites artificiais de pequenas dimensões) colocadas em órbitas polares baixas (700 km) e é constituído por três módulos de combustível sólido. São os unicos lançadores de satélites no mundo capazes de serem lançados em sentido retrógrado a Rotação da Terra, desde que lançamentos em Israel só podem ser em sentido oeste, em direção do Mar Mediterrâneo, para evitar que a nave sobrevôe países árabes vizinhos a baixa altitude. Os lançamentos são feitos a partir da base de Palmachim na costa israelense.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Altura - 18 metros.
  • Diâmetro - 1,35 metros.
  • Peso na Descolagem - 30 toneladas.
  • Carga máxima - 225 kg.


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. RSA. Astronautix.com
Ícone de esboço Este artigo sobre foguetes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.