Smokey and the Bandit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Smokey and the Bandit
Os Bons e os Maus (PT)
Agarra-me se Puderes (BR)
 Estados Unidos
1977 • Cor • 96 min 
Direção Hal Needham
Produção Mort Engelbert
Produção executiva Robert L. Levy
Roteiro Alan Mandel
Charles Shyer
James Lee Barrett
Elenco Burt Reynolds
Sally Field
Género Comédia
Aventura
Idioma Inglês
Música Jerry Reed
Bill Justis
Direção de arte Mark Mansbridge
Direção de fotografia Bobby Byrne
Edição Angelo Ross
Walter Hannemann
Distribuição Universal Pictures
Lançamento 27 de maio de 1977
Receita US$ 126.737.428
Cronologia
Último
Último
Smokey and the Bandit II (1980)
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Smokey and the Bandit (Agarre-me se Puderes (português brasileiro) ou Os Bons e os Maus (português europeu)) é um filme estadunidense de comédia e aventura, dirigido em 1977 por Hal Needham. Depois de Star Wars, foi a maior bilheteria de cinema daquele ano nos Estados Unidos.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Os caminhoneiros Bandit, seu parceiro "Boneco de Neve" são contratados pela dupla Big Eno e Little Eno para transportarem ilegalmente quatrocentas caixas de cerveja Coors de Texarkana (Texas) para a Georgia. "Bola de Neve" o fará em seu caminhão e Bandit o auxiliará com seu Pontiac Trans Am para despitar a polícia. No meio da viagem eles conhecem Carrie, que fugiu de um casamento com Júnior, filho do xerife Buford T. Justice, que passa a persegui-los.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Além de Burt Reynolds e Sally Field, que eram noivos na época, o filme teve como grande atração os carro esportivo Pontiac Trans Am, pilotados por Reynolds. Filmado na Georgia (Estados Unidos), teve duas continuações: em 1980, Smokey and the Bandit II ("Desta Vez Te Agarro", no Brasil), do mesmo diretor e a última com a dupla de protagonistas. A terceira foi feita em 1983. Em 1994 foi realizada uma série de filmes para a TV (Bandit Goes Country, Bandit Bandit, Beauty and the Bandit and Bandit's Silver Angel) com roteiro e direção do mesmo Hal Needham.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • O ex-dublê Hal Needham queria fazer um filme "B", com Jerry Reed como Bandit. Mas quando seu velho amigo Burt Reynolds leu o roteiro e aceitou fazer o filme, ele se tornou uma super-produção com Reed passando para o papel de Snowman. (Reed faria Bandit em Smokey and the Bandit Parte 3).
  • "Buford T. Justice" era o nome de um patrulheiro real que trabalhara na Flórida, conhecido de Reynolds.
  • Nas comunicações pelo rádio, eles chamam os policiais de "Smokey" ou "Bears" (ursos), numa referência ao personagem de desenho animado Urso Smokey.
  • O tema musical é a canção "Eastbound and Down", interpretada por Jerry Reed.
  • Na canção "Cadillac Ranch", do álbum de 1980 de Bruce Springsteen, The River, ele canta: "James Dean in that Mercury '49 / Junior Johnson runnin' thru the woods of Caroline / Even Burt Reynolds in that black Trans-Am / All gonna meet down at the Cadillac Ranch".

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.