Tentativa de assassinato do Papa João Paulo II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tentativa de assassinato de João Paulo II
O lugar em que o Papa foi atingido pelos disparos foi marcado por uma rocha na Praça de São Pedro
Local Praça de São Pedro, Vaticano
Data 13 de maio de 1981
Tipo de ataque disparos de arma de fogo
Feridos 3

A primeira tentativa de assassinato do Papa João Paulo II ocorreu em 13 de maio de 1981, uma quarta-feira, na Praça de São Pedro, no Vaticano. O papa foi baleado e gravemente ferido por Mehmet Ali Ağca, um terrorista turco, enquanto estava a entrar na praça. João Paulo II foi atingido duas vezes e sofreu perda de grande quantidade de sangue. Ağca foi detido imediatamente e posterirormente condenado à prisão perpétua por um tribunal italiano. Mais tarde, o Papa perdoou o terrorista pela tentativa de homicídio. Ele também recebeu o perdão do então presidente da Itália, Carlo Azeglio Ciampi, a pedido do religioso e foi deportado para a Turquia em junho de 2000.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.