The Piano Guys

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Piano Guys
N/D
Informação geral
Origem St. George, Utah
País  Estados Unidos
Gênero(s) Rock, Música clássica
Período em atividade 2011–presente
Página oficial www.thepianoguys.com
Integrantes Jon Schmidt
Steven Sharp Nelson

The Piano Guys (Os Rapazes do Piano) é um grupo musical americano composto por Jon Schmidt e Steven Sharp Nelson. Eles ficaram famosos através do YouTube, onde vêm postando vídeos de arranjos e misturas de músicas populares e clássicas, acompanhados de clipes de visual profissional. Seu primeiro álbum foi lançado em dezembro de 2011.

História[editar | editar código-fonte]

O grupo teve início quando o pianista Jon Schmidt entrou na loja de Paul Anderson, em St. George, Utah, para perguntar se ele poderia praticar lá para um concerto.[1] A partir daí, eles começaram a produzir alguns vídeos simples juntos. Em seguida, Jon trouxe para o grupo o violoncelista Steven Sharp Nelson, com quem ele já havia tocado antes, e eles começaram a produzir um vídeo por semana para o YouTube. Alguns dos seus vídeos alcançaram a marca de mais de um milhão de visualizações.[2]

O time também é composto por Tel Stewart e Al Van Der Beek, que trabalham na produção das músicas e vídeos.[1]

Músicas[editar | editar código-fonte]

Jon toca o piano e Steven toca o violoncelo - ambos utilizando os tipos elétrico e clássico.

Em muitas músicas, eles gravam várias trilhas de áudio que são misturadas. Ocasionalmente, eles também sobrepõem os vídeos das diversas trilhas para dar a impressão que muitos músicos idênticos estão tocando ao mesmo tempo.

Alguns dos vídeos de maior sucesso do grupo no Youtube foram os seguintes.

Michael Meets Mozart[editar | editar código-fonte]

Neste vídeo, Jon e Steven tocam uma mistura original de hip hop e música clássica, reconhecida pela variedade de sons produzidos. De acordo com a descrição, todos os efeitos sonoros foram criados por eles mesmos, utilizando somente os instrumentos que aparecem no vídeo (piano, violoncelo, percussão vocal e bumbo), chegando à gravação de mais de 100 trilhas para compor a versão final. Foi postado no Youtube em 17 de maio de 2011.[2]

The Cello Song[editar | editar código-fonte]

Este vídeo é um arranjo e adaptação original da primeira música da Suite para Violoncelo Solo (Prelúdio), de Johann Sebastian Bach, feito por Steven Sharp Nelson. Enquanto a música original continha apenas um solo de violoncelo, Steven a adaptou para 8 violoncelos, com a adição de material original. Foi postado no Youtube em 14 de junho de 2011. Na descrição, Steven explica que a música foi nomeada "The Cello Song" (A música do violoncelo) porque as pessoas sempre se referiam à música original de Bach dessa forma, já que ninguém conseguia lembrar o seu nome correto.[2]

Moonlight[editar | editar código-fonte]

Este vídeo mostra Steven Sharp Nelson tocando "Moonlight", uma música que ele compôs para o violoncelo elétrico inspirado pela Sonata ao Luar de Beethoven, além de parte da melodia da Sinfonia nº 7 (2º movimento) de Beethoven. Foi postado no Youtube em 14 de julho de 2011.[2]

Rock meets Rachmaninoff[editar | editar código-fonte]

Este vídeo mostra Jon Schmidt tocan uma versão moderna do Prelúdio em C-sustenido menor, de Sergei Rachmaninoff. Foi postado no Youtube em 25 de julho de 2011. De acordo com a descrição, Jon escreveu essa música quando seu filho começou sua primeira banda e pesquisou sobre música no Youtube. Há duas versões dessa música no Youtube. Ambas apresentam Jon Schmidt com uma banda composta por Chris Wormer, Joel Stevenett e Jake Bowen. Na versão original de Rachmaninoff, o volume de todos os instrumentos era balanceado. Na versão de Jon Schmidt, o piano soa muito mais alto que os demais instrumentos. O vídeo também mostra a partitura da música. Na partitura, o volume do piano aparece como 'Pretty dang loud' (algo como Muito alto).[2]

Cello Wars[editar | editar código-fonte]

Este vídeo é uma paródia da trilha sonora dos filmes Guerra nas Estrelas. Foi postado no Youtube em 2 de dezembro de 2011.[2]

Steven representa tanto um Mestre Jedi quanto um Lorde Sith que juntam-se para fazer um duelo musical com violoncelos. O Jedi e o Sith, porém, lutam usando mais do que seus violoncelos: eles também usam a Força e Sabres de luz. Darth Vader também aparece no filme e, após uma disputa com o Jedi e o Sith, ele reaparece com um acordeão para tocar a música da cantina em Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança. Chewbacca também aparece. No final do clipe, Darth Vader e Chewbacca são vistos dançando juntos.[2]

Os seguintes temas de Guerra nas Estrelas, por John Williams, foram utilizados (em ordem de apresentação):

  • A Marcha Imperial (tema de O Império Contra Ataca)
  • Duelo dos Destinos (do Episódio 1)
  • Que a Força Esteja com Você
  • Tema Principal de Guerra nas Estrelas
  • Banda da Cantina (do Episódio 4)

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

References[editar | editar código-fonte]

  1. a b The Piano Guys - What's our Story?. Página visitada em 08 de fevereiro de 2012.
  2. a b c d e f g Youtube feed of The Piano Guys Youtube. Página visitada em 08 de fevereiro de 2012.