Toy Dolls

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Toy Dolls
ToyDolls-Augustibuller2007.jpg
Toy Dolls playing at Augustibuller 2007.
Informação geral
Origem Sunderland, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Punk rock
Oi!
Comedy rock
Período em atividade 1979-presente
Página oficial http://www.thetoydolls.com
Integrantes Michael "Olga" Algar
Duncan Redmonds
Tom Goober
Ex-integrantes Pete "Zulu" Robson
Colin "Mr. Scott" Scott
Phillip "Flip" Dugdale
Paul "Hud" Hudson
Dean James
Marty Yule
Dave "the Nut" Nuttall

The Toy Dolls mais conhecida como Toy Dolls é uma banda de punk rock, que se formou em Outubro de 1979, na cidade de Sunderland, norte da Inglaterra, tendo na primeira formação Pete Zulu (Peter Robson) na voz, Olga (Michael Algar) na guitarra, Flip (Philip Dugdale) no baixo e Mr. Scott (Colin Scott) na bateria.

A primeira apresentação ao vivo dos Toy Dolls foi no Millview Social Club, na cidade inglesa de Sunderland, em 20 de Outubro de 1979. Após tocarem em vários shows, Pete Zulu saiu da banda para formar a sua própria, Zulu & The Heartaches.

Daí recrutaram rapidamente um tal de "Hud" para a voz, que nunca tinha cantado antes. Hud saiu da banda depois de um único show no Thornaby Club, a 25 de Novembro de 1979. Como tinham um show marcado para os próximos dias, em Sunderland mesmo, no Wine Loft, Olga assumiu de vez os vocais e o quarteto virou trio.

Apostando na estabilidade da banda, um empresário local decidiu patrocinar o primeiro single, "Tommy Kowey's Car", com a que viria a se tornar um clássico "She Goes To Finos" no lado B. Este compacto vendeu as 500 cópias iniciais rapidamente, mas a banda nunca teve dinheiro para fazer mais cópias.

O posto de baterista sempre foi crítico nos Toy Dolls, com várias mudanças e problemas com os que ocuparam esta função na banda. Mesmo assim, no começo de 1980, os Toy Dolls já acumulavam uma legião de fãs e seguidores na sua região e a imprensa inglesa começava a falar bem dos shows da banda, com boas críticas, feitas por jornalistas musicais de peso, como Garry Bushell, na época escrevendo para o jornal Sounds.

Os média locais, de Sunderland, também adoravam os Toy Dolls. Mas mesmo com todo este apoio, a banda via-se estagnada, sendo obrigada a ficar a tocando na sua região e sem nenhum contrato com uma editora.

Se algo não acontecesse seria mesmo o fim dos Toy Dolls. Mas Olga e os seus companheiros não se renderam e com muito esforço e determinação gravaram o seu primeiro EP, com recursos próprios. Este disco é histórico, chama-se Toy Dolls EP e foi lançado em 1981, contendo as músicas "She's a Worky Ticket", "Everybody Jitterburg", "Teenage in Love", "I've Got Asthma" e "Tommy Kowey's Car".

Logo a banda ganhou status de revelação da cena punk rock inglesa e não demorou para que assinassem um desastroso contrato com a EMI Records. Pela EMI eles lançaram apenas o single "Everybody Jitterbug". Acabaram logo o contrato com a EMI e assinaram com a Volume Records, por onde lançaram o clássico single "Nellie The Elephant" (versão 1982) e o primeiro LP da banda, chamado Dig That Groove Baby, de 1983.

A primeira grande chance de uma tour inglesa aconteceu graças aos amigos da banda Angelic Upstarts, que chamaram os Toy Dolls para abrirem os shows de sua tour inglesa em 1982.[1]

Logo, no ano seguinte, os Toy Dolls fariam a sua primeira turnê nacional pela Inglaterra, como banda principal.

Em 1984, eles regravaram e lançaram uma nova versão para o single "Nellie The Elephant". Este single vendeu a impressionante marca de 535 mil cópias no Reino Unido, colocando a banda na posição número 4 da tabela pop inglesa.

Sem dúvida o grande destaque da banda em todos os tempos é o vocalista e guitarrista Olga, que conseguiu acabar de vez com o conceito de que "punk não sabe tocar mais que três acordes". Ele é considerado um dos maiores guitarristas de todos os tempos e introduziu características novas e próprias ao punk rock e ao rock mundial. Contar com discos dos Toy Dolls nas discotecas básicas é uma obrigação para os verdadeiros amantes do bom e velho rock 'n' roll, pois a banda representa o que há de melhor no punk rock inglês.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Ao vivo[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Roberts, David. British Hit Singles & Albums. 19th. ed. London: Guinness World Records Limited, 2006. p. 563. ISBN 1-904994-10-5.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of the United Kingdom.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Reino Unido, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.