Via Augusta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arco de Berà na Via Augusta.
(hoje estrada nacional espanhola N340)

A Via Augusta foi uma estrada romana, a mais longa da Hispânia, com cerca de 1500 km de comprimento. Partia de La Junquera (no sopé dos Pirenéus), onde se ligava à Via Domícia, e seguia até Cádis, seguindo o contorno do mar Mediterrâneo. Ligava as cidades romanas de Tarraco (Tarragona), Valência (Valência), Córduba (Córdova), Híspalis (Sevilha) e Gades (Cádis). Era o eixo principal da rede viária da Hispânia romana. Ao longo dos séculos, recebeu nomes diversos, como a Via de Hércules (Via Hercúlea), Via Heráclea, Caminho de Aníbal, etc. Foi o imperador Augusto que lhe deu o nome, após as reparações feitas durante a sua época, entre os anos de 8 a.C. a 2 a.C.. Converter-se-ia numa importante via de comunicação e comércio entre as cidades, províncias e portos do Mediterrâneo ocidental.

Hoje parte das estradas N-IV, N-420 e N-340, e ainda algumas autoestradas, seguem quase em coincidência o percurso da antiga Via Augusta.

Itinerário[editar | editar código-fonte]

Ponte do Diabo perto de Martorell (reconstrução da ponte gótica de 1289, sucessora da ponte romana sobre o rio Llobregat)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Via Augusta

Referências

  1. Chías Navarro, Pilar & Abad Balboa, Tomás: Puentes de España, FCC, Madrid 1994, pag. 50-51, ISBN 84-920207-0-9
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.