Vladimir Voronin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vladimir Nicolae Voronin
Vladimir Nicolae Voronin
Presidente da  Moldávia
Mandato 7 de abril de 2001 - atualidade
Antecessor(a) Petru Lucinschi
Vida
Nascimento 25 de Maio de 1941 (73 anos)
Corjova, Transnístria
Dados pessoais
Partido Partido Comunista da República da Moldávia
Profissão engenheiro, economista e político

Vladimir Nicolae Voronin (em russo: Владимир Николаевич Воронин) (n. 25 de maio de 1941, em Corjova) é um engenheiro, economista e político moldávio. Foi presidente da Moldávia entre 2001 e 2009, pertencente ao Partido dos Comunistas da República da Moldávia. Voronin foi o primeiro chefe de estado comunista democraticamente eleito da Europa, depois que se dissolveu o bloco socialista (o segundo foi Dimítris Christófias, de Chipre).

Voronin renunciou à Presidência da República em 2009, depois das eleições parlamentares de julho daquele ano, quando seu partido perdeu a maioria no Parlamento, e da crise que se seguiu. Forças de oposição acusaram o governo de prender e torturar manifestantes que protestavam pacificamente, enquanto Voronin denunciava a suposta intenção dos partidos conservadores de reintegrar a Moldávia à Romênia, atentando contra a soberania do país. A 11 de setembro, Voronin deixou a Presidência, que ficou a cargo do presidente do Partido Liberal e do Parlamento moldávio, Mihai Ghimpu.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vladimir Voronin
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Precedido por
Petru Lucinschi
Presidente da Moldávia
2001 - 2009
Sucedido por
Mihai Ghimpu
(interino)