William Kent

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
William Kent.

William Kent (Bridlington, Yorkshire, provavelmente em 1685 - Londres, 12 de abril de 1748) foi um arquiteto, pintor, paisagista e desenhista de interiores inglês. Foi um protegido e amigo de Burlington.

Educação[editar | editar código-fonte]

Sua carreira começou como um pintor de placas que foi encorajado a estudar arte, design e arquitetura pelo seu chefe. Um grupo de homens de Yorkshire o enviaram a Roma, onde ele conheceu Thomas Coke, com quem ele fez um tour no norte da Itália no verão de 1714 ( o que levou Kent a preciar o estilo arquitetônico dos palácios de Andrea Palladio em Veneza), e Richard Boyle, que o levou de volta a Inglaterra em 1719.

Trabalhos em arquitetura[editar | editar código-fonte]

Ele é lembrado como o principal arquiteto a reviver o estilo Palladiano na Inglaterra. Kent aplicou seu estilo em diversos prédios públicos de Londres, com a ajuda de Burlington. Essas construções foram inspiradas pela arquitetura de Raphael, Giulio Romano e Palladio. Entre as suas criações encontra-se o aspecto exterior de Holkham Hall, no Norfolk.

Paisagismo[editar | editar código-fonte]

Como paisagista, Kent foi um dos criadores do Jardim Inglês, um stilo de jardinagem natural que revolucionou a construção de jardins. Seus projetos incluem Stowe, Buckinghamshire, designs para Alexandre Pope em Twickenham, para a Rainha Caroline em Richmond e em Rousham House, em Oxfordshire. A única falha de Kent era a sua falta de conhecimento técnico de hortaliças, mas seu estilo de design naturalista foi uma grande contribuição para a história do paisagismo. Stowe e Rousham são seus trabalhos mais famosos. Em Rousham, Kent elaborou paredes e arcos para chamar a atenção do espectador , em Stowe ele utilizou de sua experiência italiana, particularmente com a ponte Palladiana. Em ambos Kent incorporou seu estilo naturalista.

Designer de móveis[editar | editar código-fonte]

Os móveis que desenhava complementavam seus interiores: ele desenhou móveis para o Hampton Court Palace (1732), Devonshire House em Londres e para Rousham. O móvel que desenhou para Frederick, Príncipe do país de Gales ainda pode ser visto no Museu nacional marítimo de Greenwich.