Yamaha FZR1000

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Yamaha FZR 1000
Yamaha FZR1000 01.jpg
Visão Global
Produção 1987-1995
Fabricante Yamaha Motor Company
Modelo
Classe super-desportiva
Carroceria alumínio em forma de Delta ("Deltabox")
Designer Takeshi Tamotsu
Ficha técnica
Motor 1003 cc, refrigeração líquida, 4 cilindros em linha, 20 válvulas
Potência 145 cv (106 kW) @ 10.000 rpm,
136 cv (99 kW) @ 10,000 rpm para modelo 1987-1988
Transmissão 5 / 6 (versão 1995)corrente, embraiagem húmida
Modelos relacionados Yamaha FZR600
Suzuki GSX-R1000
Yamaha YZF-R1
Kawasaki Ninja ZX-10R
Ducati 916
Honda CBR 900RR Fireblade
Dimensões
Peso 209Kg (461 lb) (a seco) / 236Kg (520lb)
Consumo 7,5L/100Km (autonomia de cerca de 250Km)
Cronologia
Último
Último
YZF1000R Thunderace
Próximo
Próximo

A Yamaha FZR1000 é uma moto esportiva (Brazil) / super-desportiva (Europa) fabricada pela Yamaha.

Em 1988 a Yamaha lançou uma nova série de motocicletas chamada FZR "Genesis" em versões de 250cc, 400cc, 600cc e 1000cc. A FZR destinguia-se pelos seus poderosos motores e quadros ultraleves chamados Deltabox.

Em 1989 a marca lançou a nova linha "EXUP" com seu maior expoente na FZR1000, assim conhecida como EXUP pela sua servo-válvula de escape. Esta nova válvula permitiu aumentar o fluxo de escape a alta rotação para aumentar a potência máxima e reduzir o fluxo a baixa rotação para um máximo de binário. O resultado foi um motor progressivo e linear que puxava continuamente desde baixa rotação até ao "red-line" às 11500 rpm. A Yamaha usou depois este sistema nos modelos YZF (Thunderace) e nas R1.

História:

  • 1987-1988: FZR 1000 "Genesis"
  • 1989-1990: FZR 1000 "EXUP" do motor, maior e redesenho chassis, dois faróis redondos;
  • 1991-1993: FZR 1000 "EXUP", forqueta USD, farol rectangular;
  • 1994-1995: FZR 1000 "EXUP", forqueta USD revista, freios melhorados, dois faróis tipo "olho de gato";
  • 1996: Em alguns países, para escoar existências continuou a vender-se o modelo de 1995;
  • Fim da linha;

Nesta altura a concorrência, nomeadamente da Honda CBR 900RR Fireblade ficou sem resposta da Yamaha, que só em 1998 voltou com um modelo substituto Yamaha YZF-R1.