1. Fußball-Club Saarbrücken

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
1. FC Saarbrücken
1 FC Saarbruecken.png
Nome 1. Fußball-Club Saarbrücken
Alcunhas De FC, Die Molschder
Fundação 18 de abril de 1903 (117 anos)
Estádio Hermann-Neuberger-Stadion
Capacidade 6.800 pessoas
Localização Saarbrücken, Sarre
Presidente Alemanha Hartmut Ostermann
Treinador Alemanha Lukas Kwasniok
Patrocinador Alemanha Victors
Material (d)esportivo Alemanha Adidas
Competição 3. Liga
Copa da Alemanha
Website [1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

1. FC Saarbrücken é uma agremiação esportiva alemã, fundada a 18 de abril de 1903, sediada em Saarbrücken.

Tendo sido um dos 16 clubes escolhidos para disputar a primeira Bundesliga, em 1963-64, desde a temporada 2010-11 milita na 3. Liga, a terceira divisão do Campeonato Alemão.

Como muitas outras sociedades alemãs, o clube também possui um time de futebol feminino.

Seu uniforme principal é azul e preto. O clube manda seus jogos para o Ludwigspark Stadion, que tem capacidade para 35.303 espectadores.

História[editar | editar código-fonte]

Início

O clube nasceu em 1903 como parte do Turnverein Malstatt. Ambos se dividem, em 1907, e o clube toma o nome de FV Malstatt-Burbach, o qual é renomeado, em 1909, FV Saarbrücken.

A primeira liga que o Saarbrücken disputou foi, em 1935, a Gauliga Südwest, uma das dezesseis divisões regionais estabelecidas pela entidade que comandava o futebol alemão, sob o Terceiro Reich.

Em 1940, foi transferido para a Gauliga Südwest-Saarpfalz, pela qual vence no ano sucessivo. Em 1943, ganha novamente a divisão, mas é derrotado por 3 a 0, nos playoffs, pelo Dresdner SC. No ano posterior é batido nas quartas de final pelo 1. FC Nuremberg.

Durante os últimos anos de guerra, 1943-1945, a equipe jogou com o nome de Kriegsspielgemeinschaft Saarbrücken juntamente com o SC 07 Altenkessel.

O pós guerra e o exílio na França

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, as autoridades aliadas desmantelaram todas as associações alemãs, incluindo as futebolísticas. Em 1945, a agremiação foi refundada com o nome de 1. FC Saarbrücken. Jogou as primeiras três temporadas na Oberliga Südwest-Nord (primeira divisão), vencendo-a em 1946.

Naqueles anos a região do Sarre foi ocupada pelas autoridades francesas que fizeram demasiados esforços para que a mesma se unisse à França, ou que ao menos se destacasse da Alemanha. Esse fato no esporte é notável, pois o Sarre participou como nação independente das Olimpíadas de 1952 e das eliminatórias para a Copa do Mundo de 1954.

Por conta disso, por um breve tempo foi criado um campeonato de futebol, a Saarland Ehrenliga, mas devido à diferença das outras equipes, o Saarbrücken não quis disputar esse campeonato fictício, preferindo se transferir para a segunda divisão do campeonato francês, sob o nome de FC Sarrebruck.

Venceu facilmente a divisão com seis pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o Girondins de Bordeaux, mas não pôde disputar a primeira divisão, pois criaria um grande embaraço para a Federação Francesa de Futebol ter em suas fileiras uma equipe alemã. Por conta desse fato, o clube se retirou do campeonato francês, jogando os dois anos seguintes apenas amistosos.

Durante a temporada 1949-1950, organizou a Internationaler Saarland Pokal (Copa Internacional do Sarre). O clube jogou várias partidas contra equipes provenientes da Áustria, Chile, Dinamarca, França, Suécia, Suíça, Iugoslávia e também do Brasil (Atlético Mineiro, que derrotou o clube alemão por 2 a 0).[1] O torneio foi suspenso, em 1952, a partir de um pedido da Federação de Futebol do Sarre, a DFB.

O Saarbrücken foi o primeiro adversário de uma equipe italiana mais moderna nas copas europeias, tendo afrontado o Milan na primeira fase da Copa dos Campeões da Europa, primeira edição, em 1955, como representante do Sarre. Depois de ter imposto na partida de ida no estádio Giuseppe Meazza, o San Siro, um placar de 4 a 3, foi eliminado na volta ao ser derrotado por 4 a 1.

O retorno à Alemanha e o ingresso na Bundesliga

O time retornou ao campeonato alemão, em 1952, sendo inserido na Oberliga Südwest. Venceu a divisão mas foi derrotado na final por 2 a 1 pelo VfB Stuttgart. Nos anos seguintes venceu apenas uma vez a Oberliga, em 1961.

Em 1963, foi criada a Bundesliga, a máxima divisão. Dezesseis equipes deveriam ser selecionadas segundo critérios de apresentação, finanças e posição geográfica para que a nova competição envolvesse toda a nação. As primeiras oito foram escolhidas com base em resultados nas divisões regionais e nas fases nacionais. A escolha, pelo que tange ao Sarre, que recaiu sobre o Saarbrücken, dessa vez foi objeto de muita polêmica, pois quanto aos resultados mereciam ter sido escolhidos o FK Pirmasens e o Wormatia Worms. Mas a verdade é que a agremiação tinha relações muito cordiais com Hermann Neuberger, naquele tempo, figura muito influente no futebol alemão, e membro da comissão selecionadora.

Ao fim da primeira temporada, o clube foi, de qualquer maneira, castigado. Caiu de fato para a Regionalliga Südwest, o segundo módulo do campeonato, a sete pontos da salvação. Nos três anos seguintes, terminou sempre nos primeiros lugares da divisão, mas sempre foi eliminado nos play-offs. A equipe conseguiu a promoção à Bundesliga apenas em 1976, após ter conseguido o segundo lugar na Zweite Bundesliga. Após ter permanecido por dois anos na elite, caiu novamente para a segunda divisão e, em 1981, retrocedeu para a Amateur Oberliga Südwest, a terceira divisão. Retornou à Bundesliga, em 1986, e em 1993, mas em ambos os casos desceu após a permanência de um ano.

A despromoção de 1993 foi um resultado clamoroso, não somente pelo valor histórico da agremiação, mas que no papel tinha um bom elenco, tendo podido contar com reforços do nível de Eric Wynalda, então atacante e principal atleta da Seleção dos Estados Unidos. A descida também foi inesperada porque a equipe, após um bom começo, teve nove derrotas nas últimas nove rodadas do campeonato. Na temporada 1995, a sociedade foi envolvida por uma grave crise financeira e acabou rebaixada de maneira forçada à Regionalliga West/Südwest. Daquele período em diante, o time alternou participações da segunda à terceira divisão.

O 1. FC Saarbrücken terminou na décima-sexta posição na temporada 2005-2006, sendo rebaixado para a Regionalliga Süd (III). Outra pobre participação ocorreu na temporada 2006-2007 em que o clube foi décimo-quinto e relegado novamente, desta vez para a quarta divisão, a Oberliga Südwest. No entanto, a equipe foi campeã da Oberliga Südwest, em 2008-2009, e promovida para a Regionalliga Oeste.

Em maio de 2010, o time se sagrou campeão da Regionalliga Oeste na temporada 2009-2010 e conseguiu o acesso para a terceira divisão após duas promoções consecutivas. Ao reestrear na terceira divisão, o clube alcançou a sexta colocação, tendo vencido os últimos nove jogos da temporada 2010-2011.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Nacionais Alemanha
Divisões superiores.:
Divisões intermediárias ou inferiores.:
  • Bezirksliga - Rheinhessen-Saar 01.: 1926 ("campeão").
  • Bezirksliga - Rhein-Saar (Saar Division) - 01.: 1928 ("campeão").
  • Gauliga Westmark - 02.: 1943, 1944 ("campeão" - como KSG Saarbrücken).
  • Ehrenliga Saarland - 01.: 1951 ("campeão").
  • Oberliga Südwest - 01.: 1961 ("campeão")..
Regionais
  • Regionalliga Südwest (II): 1965 (campeão)
  • 2nd Bundesliga Süd (II): 1976 (campeão)
  • 2nd Bundesliga (Sul) (II): 1992 (campeão)
  • Oberliga Südwest (III): 1946, 1952, 1961, 1983, 2009 ("campeão")
  • Regionalliga West/Südwest (III): 2000 (campeão)

Cronologia recente[editar | editar código-fonte]

Temporada Divisão Posição
1999–00 Regionalliga West/Internazionale (III) 1° ↑
2000–01 2° Bundesliga (II)
2001–02 2° Bundesliga 16° ↓
2002–03 Regionalliga Süd (III)
2003–04 Regionalliga Süd 3° ↑
2004–05 2° Bundesliga (II) 12°
2005–06 2° Bundesliga 16° ↓
2006–07 Regionalliga Süd (III) 15° ↓
2007–08 Oberliga Südwest (IV)
2008–09 Oberliga Südwest (V) 1° ↑
2009–10 Regionalliga West (IV) 1° ↑
2010–11 3. Liga (III)
2011–12 3. Liga (III) 10°

Jogadores de destaque[editar | editar código-fonte]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Goleiros
N.º Jogador
1 Alemanha Daniel Batz
12 Alemanha Marco Morgenhalter
13 Luxemburgo Rick Hess
36 Alemanha Ramon Castellucci
Defensores
N.º Jogador Pos.
4 Alemanha Christopher Schorch Z
5 Alemanha Steven Zellner Z
14 Moçambique Boné Uaferro Z
' Alemanha Jerry Asare Z
' Alemanha Matthias Müller Z
16 Alemanha Anthony Barilla LD
27 Alemanha Jayson Breitenbach LD
3 Croácia Marin Sverko LE
23 Alemanha Mario Müller LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
6 Alemanha Rasim Bulic V
8 Alemanha Manuel Zeitz Capitão V
17 Kosovo Fanol Përdedaj V
18 Alemanha Sebastian Bösel V
30 Suíça Lukas Schleimer V
9 Angola Vunguidica M
10 Albânia Mërgim Fejzullahu M
11 Alemanha Markus Mendler M
19 Cuba Kianz Froese M
25 Alemanha Tobias Jänicke M
Atacantes
N.º Jogador
7 Alemanha Nicklas Shipnoski
13 Luxemburgo Maurice Deville
20 França Téo Herr
22 Alemanha Timm Golley
24 Alemanha Sebastian Jacob
28 Grécia Minos Gouras
31 Alemanha Jonas Singer
32 Alemanha Marius Köhl
Comissão técnica
Nome Pos.
Alemanha Lukas Kwasniok T

Referências

  1. «Internationaler Saarland Pokal». 20 de junho de 2012. Consultado em 20 de junho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]