A Martian Child

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Martian Child
O Pequeno Marciano (PRT)
Ensinando a Viver (BRA)
 Estados Unidos
2007 •  cor •  110 min 
Direção Menno Meyjes
Produção Ed Elbert
David Kirschner
Toby Emmerich
Roteiro David Gerrold
Baseado em The Martian Child de David Gerrold
Elenco John Cusack
Bobby Coleman
Amanda Peet
Joan Cusack
Sophie Okonedo
Richard Schiff
Angelica Huston
Oliver Platt
Gênero comédia dramática
Música Aaron Zigman
Cinematografia Robert Yeoman
Direção de fotografia Robert D. Yeoman
Edição Bruce Green
Distribuição New Line Cinema
Lançamento Estados Unidos 19 de outubro de 2007 (Festival Internacional de Cinema de Hamptons)
Portugal 3 de janeiro de 2008
Brasil 22 de maio de 2008
Idioma inglês
Orçamento US$ 27 milhões
Receita US$ 9 351 744[1]
Página no IMDb (em inglês)

A Martian Child (Ensinando a Viver BRA ou O Pequeno Marciano PRT) é um filme de comédia dramática de 2007, dirigido por Menno Meyjes e baseado em um livro de mesmo nome de 1994, escrito por David Gerrold. O filme é estrelado por John Cusack como um escritor que adota um menino estranho (Bobby Coleman) que acredita ser de Marte. O filme foi lançado nos cinemas em 2 de novembro de 2007 pela New Line Cinema.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

David Gordon (John Cusack), é um popular escritor de ficção científica, que perdeu sua esposa Maria quando eles estavam prestes a adotar uma criança. Dois anos mais tarde, David retoma os planos que tinha com a falecida esposa e, enquanto aguarda para adotar uma criança, acaba se deparando com com um garoto chamado Dennis (Bobby Coleman). Socialmente desajeitado, Dennis acredita ter vindo de Marte. Cheio de hábitos peculiares, o garoto só vai ao ar livre quando sob a tampa de uma caixa grande para bloquear os raios nocivos do sol. Ele também usa um cinto com pesos, para contrabalançar a fraca gravidade da Terra.

Embora inicialmente hesitantes em adotar um menino sozinho, David reconhece que uma parte dele de Dennis e lentamente persuade-o para fora da caixa e em sua casa.

Com a ajuda da amiga Harlee (Amanda Peet) e de sua irmã Liz (interpretada por Joan Cusack, irmã do ator John Cusack na vida real ), David e Dennis começar um árduo processo de aprendizagem sobre o outro. As manias de Dennis, como tirar fotografias incessantemente ou só comer o cereal Lucky Charms acabam conquistando David e os dois acabam construindo uma relação de pai e filho.

Como David, Dennis ensina como ser um Terráqueo, pai e filho ganham a confiança um do outro e, eventualmente, encontram alguém que vai amá-los de forma Incondicional.[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

A Martian Child teve recepção mista por parte da crítica especializada. Em base de 26 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 48% no Metacritic.

Em avaliações mistas, do The A.V. Club, Scott Tobias: "É difícil dizer o quê de novo é adquirido por ter o menino que acredita que é de Marte, porque a emoção central no filme vem da premissa simples, comum de um pai adotivo e filho tentando forjar uma vida juntos".

Do TV Guide, Ken Fox: "Cusack faz uma tímida tentativa de se conectar com Coleman, mas a química é fatalmente ausente e pequenamente maravilhosa: Dennis é uma criatura estranha sem sentimento que poderia muito bem ser de outro planeta".

New York Daily News, Elizabeth Weitzman: "Todo o elenco está totalmente comprometido com este rápido conto sentimental, o que é especialmente impressionante, dado que ele é o tipo de drama genérico que você vai jurar que você já viu mil vezes antes".

Portland Oregonian, M. E. Russell: "No final de Martian Child, estão nos dizendo que o filme é "inspirado em fatos reais." Mas o filme ainda não está totalmente inspirado pela nova fonte de David Gerrold que foi inspirado por eventos reais". [3]

Referências

  1. «A Martian Child» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 19 de abril de 2015 
  2. «A Martian Child». InterFilmes. Consultado em 28 de maio de 2014 
  3. «A Martian Child» (em inglês). Metacritic. Consultado em 19 de abril de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]