Adoção de mercado do Mozilla Firefox

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Desde o lançamento, em 2004, a adoção de mercado do Mozilla Firefox aumentou rapidamente. Atualmente o Firefox é o segundo navegador mais usado em todo o mundo.

Partes de mercado[editar | editar código-fonte]

Share de uso do Firefox através do tempo
Utilização do Firefox na Europa de 27 de março de 2005 a 8 de janeiro de 2006

Usuários adotaram o Firefox rapidamente, apesar da disponibilidade do Internet Explorer em todo PC que rode o Windows. O índice de usuários do Internet Explorer vem sofrendo um constante declínio desde o lançamento da primeira versão do Firefox. De acordo com diversas fontes, em julho de 2006, o Firefox detinha 12% de quota de mercado mundial, e em janeiro de 2007, esta quota de mercado estava por volta de 14%.[1]

De acordo com uma pesquisa disponibilizada em 18 de julho de 2007 pela empresa francesa XiTi, a Europa é o continente onde se encontra a segunda maior porcentagem de uso do Firefox, com uma média de 27,8% contra 28,9% da Oceania. O país europeu onde a utilização é maior é a Eslovênia com 47,9%, seguida pela Finlândia com 45,4% e pela Eslováquia com 40,4%.[2]

Quantidade de downloads[editar | editar código-fonte]

Desde o lançamento em novembro de 2004, o Firefox tem mantido uma taxa crescente de downloads. Nenhum outro produto da Mozilla Foundation alcançou tamanho sucesso.[3]

Downloads do Firefox 1.x e 2.x desde 9 de novembro de 2004
Data Número de dias Downloads (em milhões)
10 de novembro de 2004 1 1[4]
16 de fevereiro de 2005 99 25[5]
29 de abril de 2005 171 50[6]
26 de julho de 2005 259 75[7]
19 de Outubro de 2005 344 100[8]
3 de março de 2006 479 150[9]
31 de julho de 2006 629 200[10]
11 de novembro de 2006 732 250[11]
12 de fevereiro de 2007 825 300[12]
8 de outubro de 2007 1032 400[13]
22 de fevereiro de 2008 1199 500[14][15]
3 de novembro de 2008 1464 700[16]

Downloads por versão[editar | editar código-fonte]

Downloads do Firefox 1.0.x desde 9 de novembro de 2004
Data Número de dias Downloads (em milhões)
10 de novembro de 2004 1 1[4]
16 de fevereiro de 2005 99 25[5]
29 de abril de 2005 171 50[6]
26 de julho de 2005 259 75[7]
19 de Outubro de 2005 344 100[8]
Downloads do Firefox 1.5.x desde 29 de novembro de 2005
Data Número de dias Downloads (em milhões)
30 de novembro de 2005 1,5 2[17]
26 de janeiro de 2006 58 20[18]
Downloads do Firefox 2.0.x desde 24 de outubro de 2006
Data Número de dias Downloads (em milhões)
30 de novembro de 2005 1 2[19]

Adoção da indústria[editar | editar código-fonte]

Desde o estágio pré-1.0, diversos websites e aplicações web, inclusive o Gmail, suportaram (e em alguns casos, requeriam) o uso do Mozilla Firefox. Desde 30 de março de 2005, o Google adotou em sua busca o recurso link prefetching do Firefox para acelerar a busca. O Google também recomenda o uso do Firefox para seu serviço de blog Blogger.[20] Em 18 de maio de 2005, o eBay anuncia que agora seu eBay Picture Manager passa a ser suportado no Firefox. Em 2006, a Microsoft disponibiliza um plugin Windows Genuine Advantage para o Firefox.

Buscadores como o Google e o Yahoo! passaram a desenvolver extensões, como o Google Toolbar, para o Firefox para acessar seus serviços, em adição aos add-ons já existentes para o Internet Explorer. O Google já criou cinco extensões para o navegador, reafirmando o interesse da companhia no Firefox[21]

Referências