Alô, Doçura!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Alô, Doçura)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2010)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Alô , Doçura!
Alô , Doçura ! (BR)
Informação geral
Formato
Gênero Sitocom Comédia
Duração 20 min aprox
Criador(es) Cassiano Gabus Mendes
Idioma original Português
Produção
Produtor(es) Rede Tupi
Exibição
Emissora de televisão original Rede Tupi
Formato de exibição Preto e branco
Transmissão original 19531964
N.º de episódios 385 episódios

Alô, Doçura! foi uma série de televisão brasileira exibida de 1953 a 1964 pela TV Tupi, tendo sido criada e dirigida por um dos grandes autores da teledramaturgia brasileira, Cassiano Gabus Mendes. Houve relançamento na década de 1990.

História[editar | editar código-fonte]

A Rede Tupi lançou em 1953, impulsionada pelo sucesso do americano I Love Lucy, a série de comédia romântica Alô, Doçura!, nos mesmos moldes do norte-americano. A série mostrava a vida de um jovem casal e a epopeia do que é a vida a dois.

Alô, Doçura! foi criada para o Rádio por Otávio Gabus Mendes com o título de " O Encontro das Cinco e meia " , então Cassiano adaptou o programa para a TV Tupi de São Paulo e em 1957 também para o Rio de Janeiro. A ambição da emissora era ter um programa com um humor leve e descontraído, histórias com pouca duração e o principal um casal de grande empatia pelo público. A primeira tentativa foi com o casal Ilka Soares e Anselmo Duarte , não deu certo (segundo Ilka, Anselmo não conseguia decorar o texto, e não estava acostumado com a dinâmica ao vivo, muito diferente do cinema área que o consagrara), a Tupi então escalara outros dois atores Mário Sérgio (galã da Cia. Cinematográfica Vera Cruz) e Eva Wilma (atriz iniciante e grande promessa do Cinema), alguns edições depois e o programa virou um sucesso. Posteriormente John Herbert entrou para o elenco substituindo Mário, John e Eva se casaram na vida real em 1955.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Alves, Vida, TV Tupi: Uma Linda História de Amor (Coleção Aplauso), Imprensa Oficial, São Paulo, 2008.
  • Steen, Edla Van, Eva Wilma: Arte e Vida (Coleção Aplauso), Imprensa Oficial, São Paulo, 2006.
  • Barbosa, Neusa, John Herbert: um Gentleman no Palco e na Vida (Coleção Aplauso), Imprensa Oficial, São Paulo, 2004.