Marly Bueno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Marly Bueno
Nome completo Amalia Angelina Marly D'Angelo
Nascimento 11 de junho de 1933
São Paulo, SP
Morte 12 de abril de 2012 (78 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Ocupação Atriz
Atividade 1950–1960
1991–2012
IMDb: (inglês)

Marly Bueno, nome artístico de Amalia Angelina Marly D'Angelo (São Paulo,[1] 11 de junho de 1933[2]Rio de Janeiro, 12 de abril de 2012) foi uma atriz brasileira.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Foi primeira mulher a aparecer na televisão brasileira, ao lado de sua irmã Miriam Simone D'Angelo, como garota-propaganda do TV na Taba, na estreia da televisão brasileira em 1950 na Rede Tupi. Após o casamento em 1960 abandonou a carreira como atriz, dedicando-se apenas a apresentar o concurso Miss Brasil. Em 1991 aceitou um convite de Herval Rossano para voltar à televisão, trinta anos depois, permanecendo em diversas produções da Rede Globo até 2009 quando foi contratada por três anos pela Rede Record. Em seus últimos trabalhos na TV interpretou mulheres requintadas, moralistas e más como a Rafaela de História de Amor, a Marta Moreti de Mulheres Apaixonadas e a Irmã Maria de Páginas da Vida todas do autor Manoel Carlos. Atuou em inúmeras telenovelas, filmes e peças de teatro. Foi a estrela do último filme de Oscarito, Entre Mulheres e Espiões, e atuou ao lado de Anthony Quinn, em Oriundi, um filme da Warner Bros rodado no Brasil. Recentemente, na Rede Record integrou o elenco de Poder Paralelo de Lauro César Muniz e a Minissérie Rei Davi, seu último trabalho.

Morte[editar | editar código-fonte]

Morreu em 12 de abril de 2012 devido a uma infecção após uma cirurgia de emergência no intestino.[3]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem / Cargo Notas
1950–52 TV na Taba Garota-propaganda
1953 As Aventuras de Berloque Kolmes Jane Calamidade
1953–59 TV de Vanguarda Vários personagens
1954–55 O Falcão Negro Lucrécia Borgia
1954–60 Alô, Doçura! Anita
1955 A Sogra que Deus me Deu Angélica
1956 Aponte o Culpado Bárbara Episódio: "Um Pequeno Vício"
1956 O Conde de Monte Cristo Mercedes
1956 Scaramouche Maria Helena
1957 Lever no Espaço Carmem
1958–59 TV Teatro Vários personagens
1958 TV de Comédia Alice / Úrsula Episódios: "O Pivete"
Episódio: "Feitiço"
1959 Um Lugar ao Sol Natália
1991 O Portador Edite[4]
1991 Felicidade Leonor
1995 Quatro por Quatro Mãe de Suzana Episódios: "6–8 de maio de 1995"
1995 História de Amor Rafaela Moretti
1996 Salsa & Merengue Sandra Episódio: "12 de dezembro de 1996"
1997 Por Amor Antonieta Episódio: "7 de dezembro de 1997"
1998 Estrela de Fogo Yolanda
2000 Laços de Família Olívia Martins
2002 Coração de Estudante Juíza Zuleica Andrade (Zuzu)
2003 Mulheres Apaixonadas Marta Gonzaga Moretti
2004 Um Só Coração Lúcia
2004 Linha Direta Clotilde Episódio: "Crime das Irmãs Poni"
2005 América Sra. Mattos Episódio: "1 de junho de 2005"
2005 Os Amadores Necilda Episódio: "Os Amadores 1"
2006 Páginas da Vida Irmã Maria Paixão (Irmã Má)
2009 Poder Paralelo Sonia Meira
2012 Rei Davi Ainoã[5]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1953 A Família Lero-Lero
1954 Na Senda do Crime Maria
1957 Dorinha no Soçaite Ester
1958 Chão Bruto Laura
1961 Entre Mulheres e Espiões Kátia
1962 As Sete Evas Lídia
1995 Sombras de Julho Ione[6]
1999 Oriundi Matilde
2006 Fica Comigo Esta Noite mãe de Laura
2007 Inesquecível Norma
2009 A Mulher Invisível senhora no cinema

Referências

  1. Netsaber
  2. Leonardo Vinicius Jorge (12 de abril de 2012). «Marly Bueno (1933 – 2012)». iG. Pipoca Moderna. Consultado em 13 de abril de 2012. 
  3. R7, 12/4/2012
  4. O Portador
  5. Veja os inimigos de Davi na minissérie da Record
  6. «Sombras de Julho». Cinemateca Brasileira. Consultado em 17 de março de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]