alias (comando)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Em computação, alias (em português: "pseudônimo", "apelido" ) é um comando em vários interpretadores de linha de comando (shells) como shells do Unix, 4DOS/4NT e Windows PowerShell, que possibilita a substituição de uma palavra por outra cadeia de caracteres. É usado principalmente para abreviação de um comando do sistema ou para adição de argumentos padrões para um comando usado regularmente. A funcionalidade de aliases no MS-DOS e sistemas operacionais Microsoft Windows é fornecida pelo utilitário de linha de comando DOSKey.

Um alias permanecerá durante a vida de uma sessão do shell. Aliases usados regularmente podem ser definidos a partir do arquivo de configuração do shell (~/.cshrc ou para uso global do sistema em /etc/csh.cshrc para o csh, ou ~/.bashrc ou para uso global do sistema em /etc/bashrc ou /etc/bash.bashrc para bash),[1] para que sejam disponibilizados no início da sessão de shell correspondente. Os comandos alias podem ser escritos no arquivo de configuração diretamente ou fornecidos a partir de um arquivo separado, normalmente chamado .alias (ou .alias-bash, .alias-csh etc., se vários shells possam ser usados).

Criação de aliases[editar | editar código-fonte]

Unix[editar | editar código-fonte]

A palavra que aparece primeiro no comando é, naturalmente, verificada para um alias. Com raras exceções, se o último caractere da string de um alias estiver em branco, o Bash irá ver a próxima se a palavra seguinte é também um alias.[2]

Notas e Referências

  1. Ferreira, Rubem E. «22». In: Novatec. Linux:guia do administrador do sistema. 2008. São Paulo: [s.n.] 707 páginas. ISBN 9788575221778 
  2. Burtch, Ken O. Ciência Moderna, ed. Scripts de Shell Linux com Bash. 2005 1 ed. Rio de Janeiro: [s.n.] 522 páginas. 8573934050 


Ícone de esboço Este artigo sobre Unix é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.