All Time Low

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
All Time Low
All Time Low.jpg
Informação geral
Origem Baltimore, Maryland
País Estados Unidos
Gênero(s) pop punk, pop rock, powerpop
Período em atividade 2003 - atualmente
Gravadora(s) Emerald Moon Records (2004-2006)
Interscope Records (2010-2012)
Hopeless Records (2006-2010; 2012-2017)
Fueled by Ramen (2017-presente)
Integrantes Alex Gaskarth
Jack Barakat
Zack Merrick
Rian Dawson
Página oficial www.alltimelow.com

All Time Low é uma banda de pop punk de Baltimore, Maryland, formada em 2003. A banda consiste no vocalista e guitarrista Alex Gaskarth, o guitarrista Jack Barakat, o baixista Zack Merrick e o baterista Rian Dawson. O nome All Time Low foi retirado da letra da música "Head on Collision", da banda New Found Glory.

O grupo começou como uma banda de ensino médio e lançou seu EP de estreia, The Three Words to Remember in Dealing with the End, em 2004, pela gravadora local Emerald Moon. Desde então, a banda já lançou oito álbuns de estúdio: The Party Scene (2005), So Wrong, It's Right (2007), Nothing Personal (2009), Dirty Work (2011), Don't Panic (2012), Future Hearts (2015), Last Young Renegade (2017), e Wake Up, Sunshine (2020). All Time Low lançou seu primeiro álbum gravado ao vivo, Straight to DVD, em 2010, e o segundo, Straight to DVD II: Past, Present and Future Hearts, em 2016.

Recentemente, a banda teve pela primeira vez uma música como a primeira mais tocada nas rádios, "Monsters", com participação de blackbear, do álbum Wake Up, Sunshine, que até o momento se mantém no Top 1 há catorze semanas, um recorde superado apenas três vezes na história da música pop.[1][2][3]

A banda ainda estava na escola quando assinou com a Hopeless Records em 2006. Hopeless lançou a EP Put Up or Shut Up em 2006, que se tornou o primeiro registro da banda a alcançar os índices, com pico no número 20 nos Estados Unidos, pelo Top Independent Albums. Em 2007 eles lançaram seu segundo álbum, So Wrong, It's Right, que se tornou seu maior êxito comercial, atingindo um máximo de número 62 na Billboard 200 e número 6 na Top Independent Albums chart. Seu segundo single do álbum, "Dear Maria, Count Me In", é sua música de maior sucesso, com pico no número 86 sobre a Pop 100.

E seu terceiro álbum, chamado Nothing Personal, foi lançado em 2009 pela Hopeless Records, atingindo o número quatro no Billboard 200.

História[editar | editar código-fonte]

Hopeless Records, Turnê e o Sucesso[editar | editar código-fonte]

Após algum tempo fazendo shows e se promovendo, os caras assinaram com um selo local chamado Emerald Moon Records. Depois de gravar dois álbuns com esse selo (The Three Words to Remember in Dealing with the End EP em 2004 e The Party Scene em 2005) e fazer shows com grandes bandas como Motion City Soundtrack, Acceptance, Gym Class Heroes, Cartel e The Academy Is…, a banda assinou contrato com a gravadora Hopeless Records, que lançou, em 2006, o EP Put Up or Shut Up. Não demorou muito para que os rapazes fizessem ainda mais sucesso: no mesmo ano de lançamento de Put Up or Shut Up, tocaram na Warped Tour 2006 e abriram o HSTstival, festivais de música que contam com a participação de bandas bem conceituadas no cenário pop-punk/punk-rock nos Estados Unidos. Em 2007, fizeram turnê com Cute Is What We Aim For e This Providence, e depois com Hit The Lights e Valencia. Em 18 de Abril de 2007, foram para o estúdio para gravar um novo cd, o So Wrong, It's Right, que foi lançado em 25 de Setembro do mesmo ano. De novo a banda estava na Warped Tour! Depois, eles tocaram numa turnê chamada Tourzilla, junto com as bandas Boys Like Girls, The Audition, We The Kings e Valencia. Desde que lançaram seu segundo álbum, So Wrong, It's Right em 25 de Setembro de 2007, a banda têm ganho muita popularidade, tendo participado do TRL em 12 de Fevereiro de 2008. A banda participou também do MTV's Discover and Download, Music Choice's Fresh Crops, entre outros programas de TV americana. Em 7 de Março de 2008, All Time Low participou pela primeira vez do Jimmy Kimmel Live!. Em Dezembro de 2008, All Time Low foi anunciado como a banda do ano de 2008 pela revista Alternative Press, e foi a capa da revista em Janeiro de 2009.

O vocalista Alex Gaskarth emprestou sua voz para muitas bandas que estavam gravando suas músicas, incluindo "No One Can Touch Us" por Sing It Loud, "Teasing to Please(Left Side Strong Side)" por Cute Is What We Aim For, "Disconnect" por The Dangerous Summer, "Number Five" por The Spotlight, "Careless Whisper" por 3OH!3 e Juliet Simms, "Don't Wait" por Hit the Lights, "Molly Makeout" por The Friday Night Boys e "Bitter Sweet Symphony" por Ace Enders.

Nothing Personal[editar | editar código-fonte]

All Time Low se apresentando em Chicago em 2008.

O terceiro álbum da banda foi lançado dia 7 de Julho de 2009, chamado Nothing Personal. A banda começou a gravar em janeiro de 2009, com a produção de Matt Squire, Butch Walker, David Bendeth e o time de S*A*M & Sluggo.

Em 24 de Março de 2009, uma nova música chamada "Weightless" foi colocada disponível online em AbsolutePunk.net e colocada a venda em 7 de Abril de 2009 no iTunes Store. Essa é a primeira faixa disponível do álbum Nothing Personal.

O vocalista Alex Gaskarth explicou para a revista Alternative Press, "De tudo que nós lançamos até hoje, o clima desse novo álbum será o mesmo… Dessa vez, vamos tentar explorar algo mais profundo. Tentaremos explorar também um lado de humor, isso é muito legal. A música que havia sido feita em colaboração com Mark Hoppus do Blink-182, não será lançada no Nothing Personal, pois, como disse o vocalista, "Isso apenas não tem a mesma vibe do resto do álbum," mas, "Isso definitivamente será lançado em algum outro momento."

Tours[editar | editar código-fonte]

No verão de 2007, All Time Low tocou na Vans Warped Tour, no Smartpunk Stage. Eles fizeram sua estreia no fim de 2007, no Reino Unido, abrindo o show para Plain White T's. No início de 2008 a banda liderou o "Manwhores and Open Sores Tour" com shows de abertura de Every Avenue, Mayday Parade, e Just Surrender. De Março a Maio de 2008 eles co-lideraram a AP Tour 2008 com The Rocket Summer; com bandas de aberturas como The Matches, Sonny Moore, e Forever the Sickest Kids. Em Maio de 2008 eles tocaram na Give It A Name Festival. Também em Maio de 2008 eles co-lideraram uma turnê no Reino Unido com Cobra Starship. Em Julho de 2008 a banda liderou a Shortest Tour Ever com shows de abertura de Hit the Lights, Valencia, and There for Tomorrow. Do meio de Julho ao meio de Agosto eles tocaram na 2008 Vans Warped Tour. Eles encerraram 2008 com a turnê deles, a "Compromising of Integrity, Morality & Principles in Exchange for Money Tour" com Mayday Parade, The Maine e Every Avenue. O All Time Low está na turnê do Fall Out Boy, a Believers Never Die Part Deux Tour planejada para a Primavera de 2009 com Metro Station, Cobra Starship, e Hey Monday. All Time Low também anunciou turnês pela Austrália e Japão em Junho de 2009.

Em janeiro de 2011, o All Time Low fez uma tour pelo Brasil passando por 8 cidades.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Título Detalhes Melhor posição Certificações
EUA
[4]
EUA
Rock

[5]
AUS
[6]
BEL
(FL)

[7]
CAN
[8]
JAP
[9]
IRL
[10]
HOL
[11]
SUE
[12]
UK
[13]
The Party Scene
So Wrong, It's Right 62 14 167
Nothing Personal
  • Lançamento: 7 de julho de 2009 (EUA)[16]
  • Gravadora: Hopeless Records
  • Formatos: CD, download digital
4 1 71 22 69 86 22 104
Dirty Work
  • Lançamento: 7 de junho de 2011 (EUA)[18]
  • Gravadora: Interscope
  • Formatos: CD, LP, download digital
6 1 13 83 13 41 34 67 20
Don't Panic
  • Lançamento: 9 de outubro de 2012 (EUA)[19]
  • Gravadora: Hopeless Records
  • Formatos: CD, download digital
6 4 13 65 18 55 25 34 43 9
Future Hearts
  • Lançamento: 7 de abril de 2015 (EUA)[20]
2 1 4 27 3 37 7 18 53 1
Last Young Renegade
  • Lançamento: 2 de junho de 2017
  • Gravadora: Fueled by Ramen
  • Formatos: CD, LP, download digital
Wake Up, Sunshine
  • Lançamento: 3 de abril de 2020
  • Gravadora: Fueled by Ramen
  • Formatos: CD, LP, download digital
"—" significa lançamentos que não foram lançados no país ou não entraram nas paradas.

Extended Plays[editar | editar código-fonte]

Ano Detalhes Melhor Posição
EUA Ind.[21] EUA Heat.[21]
2004 The Three Words to Remember in Dealing with the End
2006 Put Up or Shut Up 20 12
"—" significa lançamentos que não foram lançados no país ou não entraram nas paradas.

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Título Melhor Posição Álbum
EUA Pop
[22]
EUA
[22]
2005 "Circles" The Party Scene
2006 "The Girl's a Straight-Up Hustler"
"Coffee Shop Soundtrack" Put Up or Shut Up (EP)
2007 "Six Feet Under the Stars" So Wrong, It's Right
2008 "Dear Maria, Count Me In" 86
"Poppin' Champagne"
2009 "Weightless" 104[23] Nothing Personal
"Damned If I Do Ya (Damned If I Don't)" 67
2010 "Lost In Stereo"
2011 "I Feel Like Dancin'" Dirty Work
"Forget About It"
"Time Bomb" 121
2012 "The Reckless and the Brave" Don't Panic
"For Baltimore"
"Somewhere in Neverland"
2013 "Backseat Serenade"
"A Love Like War" 122
2015 "Something's Gotta Give" 121 Future Hearts
"Kids in the Dark"

Compilações[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Música
2009 American Pie 7 - The Book of love Damned if i do ya (Damned if i Don't)
2009 Jennifer's Body Soundtrack Toxic Valentine
2010 Alice in Wonderland Painting Flowers

Referências

  1. «All Time Low Earns First Radio Chart No. 1 With 'Monsters'». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de dezembro de 2020 
  2. «All Time Low & Blackbear's 'Monsters' Secures 13th Week As Alternative Radio's #1 Song». Headline Planet (em inglês). 13 de dezembro de 2020. Consultado em 19 de dezembro de 2020 
  3. «The Longest-Leading Billboard Hot 100 No. 1s». Billboard (em inglês). Consultado em 19 de dezembro de 2020 
  4. «All Time Low – Chart History: Billboard 200». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  5. «All Time Low – Chart History: Rock Albums». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  6. «Discografie All Time Low». ultratop.be. Hung Medien. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  7. «All Time Low – Chart History: Canadian Albums». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  8. «「all time low」を含むCD». Oricon. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  9. «Discography All Time Low». irish-charts.com. Hung Medien. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  10. «Discografie All Time Low». dutchcharts.nl. Hung Medien. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  11. «Discography All Time Low». swedishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  12. Peak chart positions for albums in the United Kingdom:
  13. The Party Scene (track listing). Emerald Moon Records. 2005. EMR008 
  14. «So Wrong, It's Right by All Time Low». iTunes Store. Apple. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  15. «Nothing Personal by All Time Low». iTunes Store. Apple. Consultado em 15 de setembro de 2013 
  16. a b «Certified Awards Search». British Phonographic Industry. Consultado em 15 de setembro de 2013 
  17. «Dirty Work (Deluxe Version) by All Time Low». iTunes Store. Apple. Consultado em 5 de agosto de 2015 
  18. «Don't Panic by All Time Low». iTunes Store. Apple. Consultado em 4 de agosto de 2015 
  19. «Future Hearts by All Time Low». iTunes Store. Apple. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  20. a b Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome albs
  21. a b «All Time Low - Artist Singles Chart History». Billboard. Consultado em 10 de novembro de 2008 
  22. «Bubbling Under Hot 100 Singles - Weightless». Billboard. Consultado em 22 de abril de 2009