Amadeu Celestino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.
Amadeu Celestino
Nascimento 13 de março de 1910
Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Morte 23 de agosto de 2002 (92 anos)
Rio de Janeiro
Ocupação cantor, dançarino, músico e ator

Amadeu Celestino (Rio de Janeiro, 13 de março de 1910 — Rio de Janeiro, 23 de agosto de 2002) foi um importante cantor brasileiro do século XX, dançarino, músico e ator brasileiro.

Amadeu foi irmão do também famoso Vicente Celestino.

Nascido no bairro carioca de Santa Teresa, iniciou o curso de artes cênicas no Colégio Salesiano (Niterói), em 1928. Estreou nos palcos aos 18 anos, na Companhia das Operetas e em 1930 entrou para o coral do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Aprendeu a dançar com Maria Olenewa e em 1931 ingressou no Corpo de Baile do Municipal. Neste período, fez apresentações na Rádio Nacional e no Cassino da Urca, aonde conheceu Carmem Miranda. Em 1937 fez uma turnê, pelo Brasil, ao lado do irmão mais famoso; Vicente Celestino. Além da turnê, Amadeu trabalhou com Vicente em várias oportunidades, entre elas, no filme "O Ébrio" (1946) e na peça “Coração Materno” (1947). Também trabalhou nas companhias de teatro de Dulcina de Moraes e Procópio Ferreira[1].

Faleceu em 2002, aos 92 anos, no Retiro dos Artistas.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • Coração Materno - (1947).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.