Amin Khader

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Amin Khader
Nascimento 6 de janeiro de 1959 (58 anos)
Rio de Janeiro, (RJ)
Nacionalidade Brasil brasileiro
Ocupação Promoter, Repórter, Ator e Humorista

Amin Khader (Rio de Janeiro, 6 de janeiro de 1959) é um promoter, repórter,[1] ator[2] e humorista[3] brasileiro.

Descendente de árabes[4], Amin é figura constante nos mais diversos eventos sociais tanto no Rio de Janeiro como em São Paulo. É conhecido pelo jeito irreverente com que conduz suas matérias, sempre de bom humor. Não por acaso, Amin Khader é amigo de uma extensa gama de celebridades. Apresentou o quadro Vinde Amin Celebridades no programa Boa Noite Brasil, da Band, onde trazia as principais notícias da semana do mundo dos famosos.

Formado em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, Amin trabalhou na Rede Record, no programa Show do Tom dando vida a personagem humorística Nany Pipoca, sátira da humorista Nany People. Atualmente, Amin continua trabalhando na Rede Record, onde realiza participações em diversas atrações da emissora. Em 2014, Amin ganhou um quadro de fofocas no Balanço Geral RJ, posteriormente chamado de "A Hora do Venenoso" onde conversa com o apresentador Tino Júnior.

Notícia falsa de morte[editar | editar código-fonte]

Foi noticiado em 28 de junho de 2011, após postagens de David Brazil no Twitter, que Amin teria morrido.[5][1][6][7][8][2] A causa da morte seria ataque cardíaco, porém Amin foi visto mais tarde numa praia do Rio de Janeiro pelo próprio David.[3][9][10] A notícia ganhou grande repercussão no Brasil e foi amplamente divulgada pelos mais diversos meios de comunicação.

Referências

  1. a b «Promoter e repórter Amin Khader morre no Rio». eBand. 28 de junho de 2011. Consultado em 28 de junho de 2011  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  2. a b «Morre ator Amin Khader». Jornal do Commercio. 28 de junho de 2011. Consultado em 28 de junho de 2011  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  3. a b «Boatos sobre a morte de Amin Khader confundem fãs do humorista». R7. 28 de junho de 2011. Consultado em 28 de junho de 2011  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  4. «Vídeo: Amin Khader revela desejo de receber visitas 'estranhas' no Halloween». Ego 
  5. «Humorista Amin Khader morre de ataque cardíaco no Rio». Folha Vitória. 28 de junho de 2011. Consultado em 28 de junho de 2011  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  6. «Amin Khader, promoter e repórter da Record, morre no Rio». Correio. 28 de junho de 2011. Consultado em 28 de junho de 2011  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  7. «Humorista Amin Khader será sepultado em Petrópolis». Jornal do Brasil. 28 de junho de 2011. Consultado em 28 de junho de 2011  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  8. «Morre Amin Khader, promoter das celebridades e repórter da Record». A Crítica. 28 de junho de 2011. Consultado em 28 de junho de 2011  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  9. «Após notícia de morte, Amin Khader aparece com Susana Werner». Terra. 28 de junho de 2011. Consultado em 28 de junho de 2011  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  10. CHAVES, Natália (28 de junho de 2011). «Amin Khader aparece e diz que notícia de sua morte foi piada de mau gosto». O Dia. Consultado em 28 de junho de 2011  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)