Antônio Osvaldo do Amaral Furlan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Amaral Furlan
Amaral Furlan
Vereador SertãozinhoSertãozinho
Período 1947-1951
Deputado estadual  São Paulo
Período 1955-1959
Deputado federal  São Paulo
Período 1959-1979
Senador  São Paulo
Período 1979-1987
Antecessor Otto Lehmann
Sucessor Mário Covas
Dados pessoais
Nascimento 14 de abril de 1924
Sertãozinho, SP
Morte 21 de julho de 1988 (64 anos)
Sertãozinho, SP
Alma mater Universidade de São Paulo
Cônjuge Mafalda de Sousa Lima Furlan
Partido PSD, MDB, ARENA, PDS
Profissão advogado

Antônio Osvaldo do Amaral Furlan (Sertãozinho, 14 de abril de 1924Sertãozinho, 21 de julho de 1988) foi um advogado e político brasileiro radicado em São Paulo, estado que representou no Congresso Nacional.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo atuou como advogado até ser eleito vereador em sua cidade natal pelo PSD em 1947. Eleito suplente de deputado estadual em 1950, chegou a exercer o mandato em virtude de convocação e foi eleito em 1954 para ocupar um assento no legislativo paulista. Deputado federal nos pleitos de 1958 e 1962, buscou abrigo no MDB após o Regime Militar de 1964 sendo reeleito em 1966, todavia refluiu em sua postura oposicionista migrou para a ARENA e renovou seu mandato em 1970 e 1974. Ambientado em sua nova legenda foi escolhido senador biônico em 1978 na mesma convenção em que Paulo Maluf teve seu nome sacramentado como governador de São Paulo. Ao final do mandato passou a ocupar a vice-presidência do PDS no estado. Faleceu vítima de ataque cardíaco.

Referências