Antonio María Javierre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antonio María Javierre Ortás, S.D.B.
Cardeal da Santa Igreja Romana
Prefeito Emérito de Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos
Atividade Eclesiástica
Congregação Salesianos
Diocese Diocese de Roma
Nomeação 24 de janeiro de 1992
Predecessor Dom Eduardo Cardeal Martínez Somalo
Sucessor Dom Jorge Arturo Cardeal Medina Estévez
Mandato 1992 - 1996
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 24 de abril de 1949
Nomeação episcopal 20 de maio de 1976
Ordenação episcopal 29 de junho de 1976
por Dom Vicente Cardeal Enrique y Tarancón
Nomeado arcebispo 20 de maio de 1976
Cardinalato
Criação 28 de junho de 1988
por Papa João Paulo II
Ordem Cardeal-diácono (1988-1999)
Cardeal-presbítero(1999-2007)
Título Santo André do Vale
Brasão
Template-Cardinal.svg
Lema Ego vobiscum sum
Dados pessoais
Nascimento Siétamo, Huesca
21 de fevereiro de 1921
Morte Roma
1 de julho de 2007 (86 anos)
Nacionalidade espanhol
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Antonio María Javierre Ortás, (Siétamo, Huesca, 21 de Fevereiro de 1921Roma, 1 de Fevereiro de 2007), foi um cardeal espanhol da cúria romana. Era prefeito emérito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Com 19 anos ingressou na Congregação Salesiana e foi ordenado sacerdote em 24 de Abril de 1949, nove anos depois.

Estudou Teologia na "Universidade Pontifícia de Salamanca" e prosseguiu os seus estudos em Roma e Lovaina.

Foi ordenado sacerdote em 1949 e nomeado cardeal pelo Papa João Paulo II, no consistório de 28 de Junho de 1988.

Nos últimos meses da sua vida estava em tratamento de hemodiálise. Faleceu aos 85 anos de idade, em Roma, no dia 1 de Fevereiro de 2007 devido a um enfarte. O Papa Bento XVI presidiu às exéquias fúnebres do cardeal, na Basílica de São Pedro, no Vaticano. No funeral estiveram presentes cardeais, bispos, eclesiásticos e membros do corpo diplomático credenciados pelo Vaticano.

Era um dos três cardeais espanhóis não eleitores devido à idade, juntamente com o Ricard María Carles, Arcebispo Emérito de Barcelona e Francisco Álvarez Martínez, Arcebispo Emérito de Toledo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]