Antonov An-28

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
An-28
(OTAN: Cash)
Avião
Descrição
Tipo / Missão Avião comercial de transporte turboélice, monoplano bimotor de uso civil e militar
País de origem  União Soviética
Fabricante Antonov
Período de produção 1975-1993
Quantidade produzida 191 unidade(s)
Desenvolvido de Antonov An-14M
Desenvolvido em Antonov An-38
Primeiro voo em setembro de 1969 (48 anos)
Introduzido em 1986
Variantes PZL M28
Tripulação 1-2
Passageiros 18 passageiro(s)
Especificações
Dimensões
Comprimento 12,98 m (42,6 ft)
Envergadura 22 m (72,2 ft)
Altura 4,6 m (15,1 ft)
Área das asas 39,7  (427 ft²)
Alongamento 12.2
Peso(s)
Peso vazio 3 900 kg (8 600 lb)
Peso carregado 5 800 kg (12 800 lb)
Peso máx. de decolagem 6 100 kg (13 400 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 x turboélices Glushenkov TVD-10B ou Pratt & Whitney Canada PT6A-65B
Potência (por motor) 960 hp (716 kW)
Performance
Velocidade máxima 355 km/h (192 kn)
Alcance (MTOW) 510 km (317 mi)
Teto máximo 6 000 m (19 700 ft)
Razão de subida 12 m/s
Notas
Dados de: Airliners.net[1]

O Antonov An-28 "Cash" foi um avião de transporte leve com dois motores, baseado no An-14M. Foi o vencedor da competição contra o Beriev Be-30 para uso pela Aeroflot como avião comercial de curto alcance.[2] Voou pela primeira vez em 1969. Um total de 191 aeronaves foram construídas e 16 continuam em serviço de companhias aéreas até Agosto de 2015.[3] Após uma curta série de pré-produção construída pela Antonov, foi produzido sob licença na polônia pela PZL-Mielec. Em 1993, a PZL-Mielec desenvolveu sua própria versão, o PZL M28 Skytruck.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O An-28 é similar ao An-14 em muitos aspectos, incluindo sua estrutura de asa e lemes duplos, mas incorporava uma maior fuselagem e motores turboélice, ao invés dos motores a pistão do An-14. O An-28 voou pela primeira vez como um An-14 modificado em 1969. O próximo modelo de pré-produção não voou até 1975. Na configuração de passageiros, a acomodação era para 15 pessoas, além de dois tripulantes.[4] A produção foi transferida para a PZL-Mielec em 1978. As primeiras aeronaves polonesas não voaram até 1984. O An-28 recebeu o certificado tipo soviético em 1986.

Variantes[editar | editar código-fonte]

An-14A
Designação original da Antonov para uma versão maior e bi-turboélice do An-14.
An-14M
Protótipo.
An-28
Versão bimotor utilitária para transporte de curto alcance. Três aeronaves construídas.
An-28RM Bryza 1RM
Busca e salvamento e aeromédico.
An-28TD Bryza 1TD
Versão de transporte.
An-28PT
Versão motorizada com motores Pratt & Whitney. Voou pela primeira vez em 22 de Julho 1993.

Operadores[editar | editar código-fonte]

Civis[editar | editar código-fonte]

An-28 produzido pela PZL da Sprint Airlines
An-28 em selo postal soviético

Os principais operadores dos 16 Antonov An-28 que ainda estão em serviço são:

 Armênia
 Rússia
Tajiquistão

Ex-operadores[editar | editar código-fonte]

 Estónia
Cazaquistão
 Quirguistão
 Moldávia
Suriname
  • Blue Wing Airlines (anteriormente operou cinco, com três se acidentando nos dias 3 de Abril de 2008, 15 de Outubro de 2009 e 15 de Maio de 2010)
 União Soviética

Militares[editar | editar código-fonte]

 Angola
Djibouti
 Geórgia
Flag of Nepal.svg Nepal
 Peru
 Polónia
Tanzânia
 Venezuela
 Vietnã

Ex-operadores[editar | editar código-fonte]

 União Soviética

Acidentes e incidentes notáveis[editar | editar código-fonte]

  • 25 de Maio de 2005: Efetuando um voo charter para a Association Sportive Maniema Union, operado pela Victoria Air, se acidentou em uma montanha próximo a Walungu na República Democrática do Congo, cerca de 30 minutos após a decolagem. Todos os 22 passageiros e cinco membros faleceram.
  • 3 de Abril de 2008: Um Antonov An-28 operado pela Blue Wing Airlines se acidentou no pouso próximo a Benzdorp no Suriname. Todas as 19 pessoas a bordo morreram.
  • Em 15 de Outubro de 2009, um An-28 da Blue Wing Airlines saiu da pista após o pouso no Aeródromo de Kwamelasemoetoe, Suriname e atingiu um obstáculo. A aeronave ficou severamente danificada e quatro pessoas foram lesionadas, uma seriamente.[7]
  • 15 de Maio de 2010: Um Antonov An-28 operado pela Blue Wing Airlines se acidentou sobre o distrito de Marowijne a cerca de 5 km nordeste de Poketi, Suriname. Ambos os pilotos e seis passageiros faleceram.
  • Em 30 de Janeiro de 2012, um avião da TRACEP-Congo Aviation se acidentou em um voo de carga doméstico do Aeroporto de Bukavu-Kamenbe para o Aeródromo de Namoya, na República Democrática do Congo, matando três de cinco de trupulantes.[8]
  • No dia 12 de Setembro de 2012, um An-28 operado pela Petropavlovsk-Kamchatsky Air Enterprise como Voo 251 [9] se acidentou ao realizar um voo doméstico de Petropavlovsk-Kamchatski para o Aeroporto de Palana, matando dez de 14 pessoas.[10]

Referências

  1. Lundgren, Johan (1996-2006). "The Antonov/PZL Mielec An-28". Airliners.net
  2. Lundgren, Johan (1996–2006). «The Antonov/PZL Mielec An-28». Arquivado do original em 18 de Junho de 2006 
  3. Morrison, Murdo; Fafard, Antoine (31 de Julho de 2015). "World Airliner Census 2015". Flightglobal Insight. Flight International (Flightglobal, publicado em 11 de Agosto de 2015)
  4. Green, W (1976). The Observer's Book of Aircraft (em inglês) 25 ed. [S.l.]: Frederick Warne & Co. p. 254. ISBN 0-7232-1553-7 
  5. Hoyle 2016, p. 35.
  6. Hoyle 2016, p. 48.
  7. Descrição do acidente (em inglês) Aviation Safety Network (aviation-safety.net)
  8. Descrição do acidente (em inglês) Aviation Safety Network (aviation-safety.net)
  9. Descrição do acidente (em inglês) Aviation Safety Network (aviation-safety.net)
  10. «10 dead in An-28 plane crash in Russia's Far East» (em inglês) 
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Antonov An-28