Apache ActiveMQ

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Apache ActiveMQ
Logo do Apache ActiveMQ
Desenvolvedor Apache Software Foundation
Versão estável 5.15.3 (12 de fevereiro de 2018; há 0 dia[1])
Linguagem Java
Sistema operacional Multiplataforma
Gênero(s) Java Message Service
Message Oriented Middleware
Enterprise Messaging System
Service-oriented architecture
Licença Licença Apache 2.0
Estado do desenvolvimento Corrente
Página oficial activemq.apache.org

Apache ActiveMQ é um message broker de código-fonte aberto escrito em Java, juntamente com um cliente completo de Java Message Service (JMS). Ele fornece "recursos empresariais", ou seja, promove a comunicação de mais de um cliente ou servidor. Clientes suportados incluem Java via JMS 1.1 bem como vários outros clientes "multilinguagem".[2] A comunicação é gerida com recursos como clusters computacionais e a capacidade de utilizar qualquer banco de dados como um fornecedor de persistência JMS, além de memória virtual, cache, e persistência de logs.[3]

O projeto ActiveMQ foi originalmente criado por seus fundadores da LogicBlaze em 2004, como um message broker de código aberto, hospedado pela CodeHaus. O código e a marca registrada ActiveMQ foram doados à Apache Software Foundation em 2007, sendo que os fundadores continuaram a desenvolver o código-base com a comunidade estendida Apache.

ActiveMQ emprega vários modos para alta disponibilidade, incluindo ambos mecanismos de bloqueio de sistema de arquivos e de banco de dados a nível de linha, compartilhamento de armazenamento de persistência, através de um sistema de arquivos compartilhado, ou replicação real usando o Apache ZooKeeper. Um mecanismo robusto de escalamento horizontal, chamado de Network of Brokers,[4] também é suportado. No ramo empresarial, o ActiveMQ é celebrado por sua flexibilidade de configuração, e o seu suporte para um número relativamente grande de protocolos de transporte, incluindo OpenWire, Stomp, MQTT, AMQP, REST e WebSockets.[5]

ActiveMQ é usado em implementações de barramento de serviço corporativo, tais como o Apache ServiceMix e Mule. Outros projetos usando ActiveMQ incluem o Apache Camel e Apache CXF em projetos de infra-estrutura SOA.[6]

Coincidindo com o lançamento do Apache ActiveMQ 5.3, os primeiros resultados mundiais para as referências do padrão industrial SPECjms2007 foram anunciados. Quatro resultados foram submetidos à Standard Performance Evaluation Corporation (SPEC) e aceitos para publicação. Os resultados abrangem diferentes topologias para analisar a escalabilidade do Apache ActiveMQ em duas dimensões.[7][8]

ActiveMQ está atualmente na versão principal 5, versão secundária 15. A versão 6, chamada ActiveMQ Artemis, é uma reescrita completa do ActiveMQ 5, incorporando a doação do código base HornetQ da Red Hat, e trazendo a implementação JMS do broker à especificação 2.0.[9] Assim, a Red Hat tem controle substancial do projeto devido à sua antiga propriedade do código-base.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem o portal:

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Snyder, Bruce; Bosanac, Dejan; Davies, Rob (28 de março de 2010), ActiveMQ in Action, ISBN 978-1-933988-94-8 1st ed. , Manning Publications 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]