Associação Psicanalítica Internacional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Associação Internacional de Psicanálise ( IPA ) é uma associação que inclui 12.000 psicanalistas como membros e trabalha com 70 organizações constituintes. Foi fundada em 1910 por Sigmund Freud, basedo em uma idéia proposta por Sándor Ferenczi.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Em 1902, Sigmund Freud começou a se reunir semanalmente com colegas para discutir seu trabalho, e assim nasceu a Psychological Wednesday Society (sociedade das quartas-feiras, em tradução livre). Em 1908, havia 14 membros regulares e alguns convidados, incluindo Max Eitingon, Carl Jung, Karl Abraham e Ernest Jones, todos os futuros presidentes da IPA. [2]

Em 1907, Jones sugeriu a Jung que uma reunião internacional deveria ser organizada. Freud acolheu a proposta. A reunião aconteceu em Salzburgo em 27 de abril de 1908. Jung nomeou o "Primeiro Congresso para a Psicologia Freudiana". Mais tarde, é considerado o primeiro Congresso Psicanalítico Internacional. Mesmo assim, o IPA ainda não havia sido fundado.

O IPA foi estabelecido no próximo Congresso realizado em Nuremberg em março de 1910. [3] Seu primeiro presidente foi Carl Jung, e seu primeiro secretário foi Otto Rank . Sigmund Freud considerou uma organização internacional essencial para avançar suas idéias. Em 1914, Freud publicou um artigo intitulado A História do Movimento Psicanalítico .

O IPA é o principal órgão regulatório e de acreditação do mundo para a psicanálise. Os objetivos da IPA incluem a criação de novos grupos psicanalíticos, estimulando o debate, realizando pesquisas, desenvolvendo políticas de treinamento e estabelecendo vínculos com outros órgãos. Organiza um grande Congresso bienal.

Congressos Internacionais[editar | editar código-fonte]

Os primeiros 23 congressos do IPA não tiveram um tema específico.

Número Ano Cidade Presidente
1 1908  Áustria-Hungria Salzburgo
2 1910 Nuremberga C. G. Jung
3 1911 Weimar C. G. Jung
4 1913 Munique C. G. Jung
5 1918 Hungria Budapeste Karl Abraham
6 1920 Países Baixos Haia Sándor Ferenczi
7 1922 Alemanha Berlim Ernest Jones
8 1924 Áustria Salzburgo Ernest Jones
9 1925 Alemanha Bad Homburg vor der Höhe K Abraham / M Eitingon
10 1927 Áustria Innsbruck Max Eitingon
11 1929 Reino Unido Oxford Max Eitingon
12 1932 Alemanha Wiesbaden Max Eitingon
13 1934 Suíça Lucerna Ernest Jones
14 1936 Checoslováquia Mariánské Lázně Ernest Jones
15 1938 França Paris Ernest Jones
16 1949 Suíça Zurique Ernest Jones
17 1951 Países Baixos Amesterdão Leo H. Bartemeier
18 1953 Reino Unido Londres Heinz Hartmann
19 1955 Suíça Genebra Heinz Hartmann
20 1957 França Paris Heinz Hartmann
21 1959 Dinamarca Copenhaga William H. Gillespie
22 1961 Reino Unido Edimburgo William H. Gillespie
23 1963 Suécia Estocolmo Maxwell Gitelson
24 1965 Países Baixos Amesterdão Gillespie/Greenacre
25 1967 Dinamarca Copenhaga P.J. van der Leeuw
26 1969 Itália Roma P.J. van der Leeuw
27 1971 Áustria Viena Leo Rangell
28 1973 França Paris Leo Rangell
29 1975 Reino Unido Londres Serge Lebovici
30 1977 Israel Jerusalém Serge Lebovici
31 1979 Estados Unidos Nova Iorque Edward D. Joseph
32 1981 Finlândia Helsínquia Edward D. Joseph
33 1983 Espanha Madrid Adam Limentani
34 1985 Alemanha Hamburgo Adam Limentani
35 1987 Canadá Montreal Robert S. Wallerstein
36 1989 Itália Roma Robert S. Wallerstein
37 1991 Argentina Buenos Aires Joseph J. Sandler
38 1993 Países Baixos Amesterdão Joseph J. Sandler
39 1995 Estados Unidos São Francisco (Califórnia) R. Horacio Etchegoyen
40 1997 Espanha Barcelona R. Horacio Etchegoyen
41 1999 Chile Santiago (Chile) Otto F. Kernberg
42 2001 França Nice Otto F. Kernberg
43 2004 Estados Unidos Nova Orleães Daniel Widlöcher
44 2005 Brasil Rio de Janeiro Daniel Widlöcher
45 2007 Alemanha Berlim Cláudio Laks Eizirik
46 2009 Estados Unidos Chicago Cláudio Laks Eizirik
47 2011 México Cidade do México Charles Hanly
48 2013 Chéquia Praga Charles Hanly
49 2015 Estados Unidos Boston Stefano Bolognini
50 2017 Argentina Buenos Aires Stefano Bolognini
51 2019 Reino Unido Londres Virginia Ungar

Crítica[editar | editar código-fonte]

Em 1975, Erich Fromm questionou essa organização e descobriu que a associação psicanalítica era "organizada segundo padrões bastante ditatoriais". [4]

Referências

  1. «Google+». Phoenix 
  2. Group portrait: Freud and associates in a photograph taken ca. 1922, Berlin.
  3. How did the IPA begin?
  4. "La mission de Sigmund Freud : une analyse de sa personnalité et de son influence'", Erich Fromm, traduction from English by Paul Alexandre.