BBC Three

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para Este artigo é sobre o canal de televisão britânico que transmitiu de 9 de fevereiro de 2003 a 16 de fevereiro de 2016. Para o canal de televisão online com o mesmo nome, veja BBC Three (online).
BBC Three
British Broadcasting Corporation Three
Tipo Televisão digital terrestre
País  Reino Unido
Fundação 9 de fevereiro de 2003
Extinção 16 de fevereiro de 2016
Proprietário BBC
Slogan Let's Go There
Formato de vídeo 576i (SDTV)
1080i (HDTV)
Audiência 0.62% (Fevereiro de 2016)
Canais irmãos BBC One
BBC Two
BBC Four
BBC News
BBC Parliament
CBBC
CBeebies
Cobertura Nacional
Página oficial www.bbc.co.uk/bbcthree

A BBC Three era um canal de televisão britânico operado pela British Broadcasting Corporation. Lançado em 9 de fevereiro de 2003 como um substituto para a BBC Choice, o objetivo do serviço era fornecer "programação inovadora" a um público-alvo de espectadores entre 16 e 34 anos, utilizando tecnologia e novos talentos.[1]

Ao contrário de seus rivais comerciais, 90% da produção da BBC Three é originária do Reino Unido. 70% era original, abrangendo todos os gêneros, incluindo animação, comédia, atualidade e drama. A BBC Three tinha um formato exclusivo chamado 60 Seconds para seus boletins de notícias, adotado para que a operação do canal pudesse ser completamente automatizada, sem a complicação de lidar com notícias ao vivo de duração variável. O ex-controlador da estação, Zai Bennett,[2] partiu para se juntar à Sky Atlantic em julho de 2014, quando o comissário da BBC Three, Sam Bickley, tornou-se o controlador interino.[3]

Até fevereiro de 2016, a rede era transmitida em canais Freeview, cabo digital, IPTV e plataformas de televisão por satélite, e estava no ar das 19h às 4h da manhã de cada noite para compartilhar a largura de banda da televisão terrestre com o CBBC.[1] Em março de 2014, como resultado de um orçamento planejado de £100 milhões na BBC, foi proposto que a BBC Three fosse descontinuada como um serviço de televisão e convertida em um serviço de televisão pela Internet com um orçamento de programação menor. e um foco em produções curtas.[4][5] Apesar da significativa oposição pública, a proposta foi provisoriamente aprovada pela BBC Trustin em junho de 2015, com uma nova consulta aberta até 30 de setembro do mesmo ano. O canal de TV encerrou suas operações em 16 de fevereiro de 2016, substituído por uma versão somente online.[6]

Programas[editar | editar código-fonte]

A emissora já transmitiu êxitos como EastEnders, Little Britain, e Torchwood, um spin-off de Doctor Who.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Reino Unido é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. a b «BBC Three Service Licence» (PDF). BBC Trust. Setembro de 2013. Consultado em 16 de novembro de 2013 
  2. «Zai Bennett announced as new BBC Three controller». BBC News. 16 de dezembro de 2010. Consultado em 16 de novembro de 2013 
  3. «BBC Three appoints new channel boss Sam Bickley». BBC News. 2 de junho de 2014. Consultado em 2 de junho de 2014 
  4. Plunkett, John (26 de fevereiro de 2014). «BBC could axe frontline channel or service as it seeks extra £100m in cuts». The Guardian. Consultado em 5 de março de 2014 
  5. «BBC Three to be axed and move online». BBC News. 5 de março de 2014. Consultado em 5 de março de 2014 
  6. «BBC Three to move online from February». BBC News (em inglês). 26 de novembro de 2015. Consultado em 20 de julho de 2017