Base Naval da Baía de Guantánamo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para Para a província homônima, veja Guantánamo (província).
Base Naval da Baía de Guantánamo
Gitmo Aerial.jpg
Vista aérea da base
País  Cuba
Corporação Marinha dos Estados Unidos
Insígnias
US Navy Seal of the United States Department of the Navy.svg
Mapa da área de atuação
Guantanamo.jpg

A Base Naval da Baía de Guantánamo (em inglês Guantanamo Bay Naval Base, também referido como GTMO, que é o código do campo de pouso local [1]) ocupa cerca de 117 km² da costa da República de Cuba (na província de Guantánamo). Esta base naval norte-americana foi alugada em 1903 aos Estados Unidos da América por um acordo entre os dois países, assinado pelo então presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt, e o presidente de Cuba, Tomás Estrada Palma, pelo valor de 4 085 dólares,[2]

Desde a Revolução Cubana de 1959, o governo cubano tem protestado regularmente contra a presença dos EUA em solo cubano, considerando-a ilegal segundo o direito internacional, e alegando que a base foi imposta a Cuba pela força.

Prisão de Guantánamo[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Prisão de Guantánamo

Desde 2001, os Estados Unidos utilizam a referida base (Prisão de Guantánamo) para deter supostos prisioneiros terroristas[3].

Os números de Guantánamo, de acordo com fontes relacionadas a direitos humanos e constitucionais, chega a cerca de 660 prisioneiros vindos de 43 diferentes países (sendo, em sua maioria, do Afeganistão e Iraque). Houve diversas denúncias de casos de tortura de prisioneiros pelos militares americanos e de violação das Convenções de Genebra. Além disso, a ONG Centro para os Direitos Constitucionais informa que existem presos com idades que variam de 13 a 80 anos.

Referências

  1. «File:US Navy 040813-N-6939M-002 Commissions building courtroom at Guantanamo Bay, Cuba.jpg» 
  2. «Saiba mais sobre a base naval americana de Guantánamo». Estadão, Grupo Estado. 22 de janeiro de 2009. Consultado em 8 de junho de 2012 
  3. «História de Guantánamo». NGC Europe Limited and FIC Portugal. 2010. Consultado em 8 de junho de 2012 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Base Naval da Baía de Guantánamo
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.