Beatrice Borromeo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Beatrice Casiraghi
Marido Pierre Casiraghi
Casa Borromeo (por nascimento)
Grimaldi (por casamento)
Nome completo
Beatrice Borromeo Arese Taverna
Nascimento 18 de agosto de 1985 (33 anos)
  San Candido, Itália
Pai Dom Carlo Ferdinando Borromeo, Conde de Arona
Mãe Condessa Donna Paola Marzotto
Brasão

Dona Beatrice Borromeo Casiraghi (San Candido, 18 de agosto de 1985) é uma jornalista italiana casada com Pierre Casiraghi, filho mais novo da princesa Caroline de Mónaco. Apesar de ser filha de um conde, e sua mãe ser referida como condessa, Beatrice não possui direito a nenhum titulo nobre pois nasceu fruto de uma relação extraconjugal.[1] [2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ela é a filha de Dom Carlo Borromeo, Conde de Arona (nascido em 1935), filho de Vitaliano Borromeo, Principe de Angera, e sua amante de longa data, condessa Dona Paola Marzotto (nascida em 1955). Ela tem um irmão mais velho, e três meias-irmãs mais velhas, frutos do casamento de seu pai com a modelo alemã Marion Sybil Zota [3]

  • Donna Isabella Borromeo Arese Taverna, nascida em 3 de fevereiro de 1975; casada com o conde Ugo Brachetti Peretti. [4]
  • Donna Lavinia Borromeo Arese Taverna, nascida em 10 de março de 1977; casada com John Elkann[5]
  • Donna Matilde Borromeo Arese Taverna em 8 de agosto de 1983; casada com o príncipe Antonius zu Fürstenberg [6]
  • Carlo Ludovico Borromeo Arese Taverna, casou-se com a estilista Marta Ferri. [7]

Através de seu pai, ela é descendente de Carlo Borromeo (1538-1584), que se tornou cardeal da Igreja Católica Romana e santo canonizado. A família dela atualmente é dona da maioria das Ilhas Borromeo no Lago Maggiore, na cidade de Milão, e muitas outras na zona rural da Lombardia e Piemonte. No momento de seu noivado, seu tio paterno Gilberto Borromeo era dono de maior parte das terras da familia, inclusive as em Maggiore, no entanto ao falecer, foi sucedido por seu filho, Vitaliano XI Borromeo, atual chefe da casa aristocratística Borromeo.[8][9]

Sua avó materna era a estilista Marta Marzotto, ex-esposa do conde Umberto Marzotto. Seu tio, Conde Matteo Marzotto, é o ex-presidente e diretor da casa de moda Valentino na época em que a marca pertencia ao Grupo Marzotto.[10]

Educação[editar | editar código-fonte]

Concluiu o ensino médio, em 2002, no Liceo Classico Giovanni Berchet, em Milão. Após graduar-se em Estudos Clássicos no Berchet em Milão, em 2010, obteve um bacharelado em Direito na Universidade Bocconi, com uma tese sobre suposições para processos mais rápidos em Itália (Supervisor: Prof. Lorenzo Cuocolo); Ela continuou os seus estudos com um mestrado em jornalismo e assuntos internacionais na Universidade da Columbia em Nova York em 2011.[11].

Vida publica e carreira[editar | editar código-fonte]

Após uma recusa inicial de Fabio Fazio para deixa-la participar no Che tempo che fa, tornou-se conhecida pelo público em geral após a sua participação no programa AnnoZero de Michele Santoro, onde aparecia no Generazione Zero de 2006 a 2008 com crónicas relacionadas com a sua família e o seu futuro marido, namorado na época, Pierre Casiraghi, pertencente à família príncipesca do Mónaco. Terminada a relação com AnnoZero em 2009, colaborou brevemente com Radio 105 Network, no programa 105 Friends, falando em estúdio uma vez por semana. No mesmo ano, Roberto Saviano entrevistou-a para a revista britânica co-dirigida por Charlotte Casiraghi, irmã de Pierre Casiraghi.

Ela modelou quando mais nova, mas referiu-se como sua carreira de modelo como uma piada[12].

Colaborou com a Newsweek e o Daily Beast, para onde ela também produziu o documentário "Mamma Mafia" em 2013.

Faz parte da equipe editorial do jornal diário Il Fatto Quotidiano, desde o nascimento, em 2009, onde faz parte da secção de economia [13]..

Escreveu com Vauro Senesi e Marco Travaglio o livro Italia AnnoZero e está supervisionando a publicação de Delitto Senza Castigo - La vera storia di Vittorio Emanuele.

Em março de 2015, a SkyTG24, transmitiu o documentário de duas partes que ela se realizou em 2013 para a Newsweek e o Daily Beast, que investiga a importância da mulher na 'Ndrangheta, intitulado "Lady 'Ndrangheta" [14].

Beatrice recebeu duras criticas por se declarar comunista, mas não querer abandonar o luxo e os previlegios, se casando com o filho de uma princesa. [15] [16][17][18]

Namoro, noivado e casamento com Pierre Casiraghi[editar | editar código-fonte]

Pierre e Beatrice se conheceram em 2008 e o casal passou a ser visto junto a partir de 2009. Em finais de 2014, surgiram os primeiros rumores sobre o noivado e casamento, tendo sido apontada, inicialmente, uma primeira data para abril de 2015.[19]

Pierre e Beatrice se casaram numa boda civil no Palácio de Mônaco em 25 de julho, seguida por um baile com 500-700 convidados[20]; e numa boda religiosa na Itália em 1 de agosto de 2015, onde fez uma recepção em Isola Bella, uma das Ilhas Borromeo, na Lombardia, às margens do Lago Maggiore..[21] A noiva vestiu quatro trajes respectivamente, criações da casa Valentino e Armani.

Filhos[editar | editar código-fonte]

O primeiro filho do casal, Stefano Ercole Carlo Casiraghi, nasceu em 28 de fevereiro de 2017 no Hospital Princesa Grace, em Mônaco.[22]

Em 21 de Maio de 2018 nasceu o segundo filho baptizado Francesco Carlo Albert Casiraghi.

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Italia Anno Zero (Italia, ano Zero em tradução livre); Senesi, Vauro; Travaglio, Marco; Borromeo, Beatrice (2009). Em italiano, Milão Chiarelettere.
  • Delitto senza castigo: la vera storia di Vittorio Emanuele di Savoia (Crime sem castigo: A verdadeira história de Vittorio Emanuele de Savoia, em tradução livre) Hamer, Birgit (2011). Borromeo, Beatrice, ed. .Reggio Emilia: Aliberti.

Ascendência[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Beatrice Borromeo

Referências

  1. «Beatrice Borromeo e sua ilustre família». www.monarquiaconfidencial.com 
  2. «Los cinco años en los que el padre de Beatrice Borromeo alternó a dos mujeres. Noticias de Casas Reales». El Confidencial (em espanhol) 
  3. «Family tree of Vitaliano Borromeo». Geneanet (em inglês). Consultado em 28 de abril de 2018. 
  4. «PHOTOS - Isabella Borromeo, son mari Ugo Brachetti Peretti et sa soeur Matilde, Carlo Borromeo et Beatrice Borromeo aux obsèques de Marta Marzotto en l'église Sant'Angel» (em francês) 
  5. «The Wedding of the Decade | Italian Lakes Wedding Planner». Italian Lakes Wedding Planner (em inglês). 23 de julho de 2008 
  6. «Los invitados a la boda de Matilde Borromeo y el príncipe Antonius von Furstenberg». HOLA USA (em espanhol). 12 de junho de 2011 
  7. «The Borromeo-Ferri wedding». Vogue.it (em italiano). 6 de julho de 2012 
  8. Reginato, James. «The Borromeos' Fantasy Island». W Magazine (em inglês) 
  9. «Univers. Chez le prince et la princesse Borromeo à Isola Madre». Point de Vue (em francês). 30 de junho de 2017 
  10. Leaper, Caroline (9 de agosto de 2017). «Why Beatrice Borromeo is the stylish, down-to-earth royal you need to know about». The Telegraph (em inglês). ISSN 0307-1235 
  11. «Arrivederci». ilfattoquotidiano.it. 5 de junho de 2011. Consultado em 2 agosto 2015. 
  12. Clinton, Leah Melby. «Style Star Beatrice Borromeo on Why She Never Really Liked Being a Model». Glamour (em inglês) 
  13. «Beatrice Borromeo». ilfattoquotidiano.it. Consultado em 2 agosto 2015. 
  14. «"Lady 'Ndrangheta", viaggio tra le madrine calabresi». tg24.sky.it. 6 de março de 2015. Consultado em 2 agosto 2015. 
  15. «Intervista a Beatrice Borromeo». Stanza Selvaggia (em italiano). Consultado em 28 de abril de 2018. 
  16. «beatrice borromeo chiude il contratto col "fatto". da collaboratrice fissa a occasionale» 
  17. «Beatrice Borromeo: la testa pensante». Gossipblog.it 
  18. «Lettera a Beatrice Borromeo: quando il giornalismo diventa un'arma di distruzione» (em italiano) 
  19. «Título ainda não informado (favor adicionar)». caras.sapo.pt 
  20. «Título ainda não informado (favor adicionar)». caras.sapo.pt 
  21. «Casamento religioso de Pierre e Beatrice». caras.sapo.pt 
  22. País, Ediciones El (28 de fevereiro de 2017). «Pierre Casiraghi yBeatrice Borromeo, padres de un niño». EL PAÍS (em espanhol)