Bravely Default

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bravely Default
Desenvolvedora(s) Silicon Studio
Publicadora(s) Square Enix
Nintendo
Diretor(es) Kensuke Nakahara
Produtor(es) Tomoya Asano
Projetista(s) Kensuke Nakahara
Escritor(es) Naotaka Hayashi
Keiichi Ajiro
Artista(s) Akihiko Yoshida
Compositor(es) Revo
Plataforma(s) Nintendo 3DS
Data(s) de lançamento Flying Fairy
  • JP 11 de outubro de 2012
For the Sequel
  • JP 5 de dezembro de 2013
  • EU 6 de dezembro de 2013
  • AN 7 de fevereiro de 2014
Gênero(s) RPG eletrônico
Modos de jogo Um jogador
Bravely Second:
End Layer

Bravely Default, chamado no Japão de Bravely Default: Flying Fairy (ブレイブリーデフォルト フライングフェアリー, Bureiburī Deforuto: Furaingu Fearī?), é um jogo eletrônico de RPG desenvolvido pela Silicon Studio e publicado pela Square Enix e Nintendo. Ele foi originalmente lançado apenas no Japão em outubro de 2012, enquanto uma edição expandida intitulada For the Sequel estreou em dezembro de 2013 no Japão e Europa e em fevereiro do ano seguinte na América do Norte. A jogabilidade emprega um sistema de batalha por rodadas e um sistema de funções, além de incorporar opções para combinar habilidades de diferentes funções e ajustar a velocidade dos combates e a frequência de ocorrência dos encontros randômicos.

A narrativa do jogo se passa no mundo fantástico de Luxendarc, que é mantido em equilíbrio por quatro cristais elementais que são protegidos pela Ortodoxia do Cristal, um grupo religioso muito poderoso e cuja influência abrange todo o mundo. Agnès Oblige, vestal do Cristal do Vento, é forçada a começar uma jornada a fim de despertar os outros cristais depois deles terem sido consumidos pela escuridão. Ela alia-se com o pastor Tiz Arrior, o vadio Ringabel e a soldado Edea Lee e juntos partem pelo mundo para alcançarem os cristais e confrontar o grande mau responsável pelos eventos.

O desenvolvimento de Bravely Default começou como uma sequência Final Fantasy: The 4 Heroes of Light, porém foi alterado para tornar-se um jogo autônomo com sua própria história e jogabilidade, apesar de ter mantido alguns elementos da série Final Fantasy. O produtor Tomoya Asano de The 4 Heroes of Light retornou para produzir Bravely Default. Os desenhos dos personagens foram criados por vários artistas, incluindo o diretor de arte Akihiko Yoshida e Atsushi Okubo. O título foi influenciado por jogos e séries de televisão ocidentais, com elementos individuais sendo inspirados por aspectos de Dragon Quest e Higurashi no Naku Koro ni. A música foi composta por Revo e tinha a intenção de evocar o sentimento de séries clássicas como Dragon Quest e SaGa.

Bravely Default foi anunciado em setembro de 2011. Vários demos foram disponibilizados antes de seu lançamento, com a equipe ajustando o jogo baseados nas opiniões dos jogadores. For the Sequel foi escolhida para ser lançada no ocidente, sendo localizada sem um subtítulo. Bravely Default foi aclamado pela crítica e teve bons números de vendas no oriente e ocidente. Os principais pontos de elogio foram a jogabilidade, narrativa, gráficos e música, enquanto as principais críticas centraram-se nos estágios finais repetitivos e elementos de sua jogabilidade social e áudio. O jogo gerou várias mídias adicionais como mangás e livros e títulos spin-offs. Uma sequência chamada Bravely Second: End Layer foi lançada em 2015.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]