Breathe (canção de G-Dragon)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Breathe"
Single de G-Dragon
do álbum Heartbreaker
Lançamento 21 de setembro de 2009
Formato(s)
Gênero(s)
Duração 3:27
Gravadora(s) YG Entertainment
Composição
Produção
  • G-Dragon
  • Jimmy Thornfelt
Cronologia de singles de G-Dragon
"Heartbreaker"
(2009)
"Butterfly"
(2009)

"Breathe" (hangul: 브리드) é uma canção do cantor e rapper sul-coreano G-Dragon, lançada como o segundo single de seu primeiro álbum de estúdio Heartbreaker (2009). Foi composta e produzida pelo próprio juntamente com Jimmy Thornfelt. Seu lançamento ocorreu em 21 de setembro de 2009 através da YG Entertainment, onde através do qual, posicionou-se dentro do Top 20 das paradas dos serviços de música online sul-coreanos.

Antecedentes e lançamento[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento do single "Heartbreaker", e sua controvérsia envolvendo uma acusação de plágio pela Sony Music, G-Dragon lançou logo em seguida, o single "Breathe", a fim de promover o álbum Heartbreaker.[1] A canção não obteve o mesmo êxito comercial de sua predecessora, no entanto, conseguiu figurar dentro do top 20 das paradas dos serviços de música online sul-coreanos.[2]

Liricamente, "Breathe" retrata G-Dragon não querendo acordar de um sonho. Suas letras foram elogiadas pelo website Newsen, que as considerou como sendo "fortes" e "impressionantes".[3]

Apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

G-Dragon realizou sua primeira apresentação de "Breathe" no programa de música Inkigayo da SBS, em 30 de agosto.[4] Mais tarde, a canção foi incluída em sua primeira turnê intitulada Shine a Light. Enquanto cantava a canção durante a mesma, G-Dragon teria "feito gestos sexualmente provocativos"[5] quando teria grunhido contra sua dançarina em uma cama suspensa. O Ministério da Saúde, Bem Estar e Assuntos da Família da Coreia do Sul, pediu mais tarde que promotores do governo investigassem se G-Dragon ou a YG Entertainment haviam violado as leis sobre performances obscenas em seu concerto.[6][7] Em 15 de março de 2010, ele foi considerado inocente e liberado de todas as acusações.[8]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

Semelhante ao video musical de "Heartbreaker", em "Breathe" G-Dragon dança em um fundo branco com diversos figurinos diferentes e interage com uma mulher. A produção encerra-se com um curto trecho da canção "A Boy" sendo exibido.

Referências

  1. «지드래곤 '브리드' 뮤직비디오 21일 YG 홈피 깜짝공개» (em coreano). Newsen. 22 de setembro de 2009. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  2. Han Sang, Hee (28 de outubro de 2009). «G-Dragon Shines on First Album». The Korea Times. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  3. «지드래곤 후속곡 '브리드' 활동 스타트 '열풍 재점화하나'» (em coreano). Newsen. 27 de setembro de 2009. Consultado em 28 de setembro de 2018 [ligação inativa] 
  4. Han Sang, Hee (28 de agosto de 2009). «G-Dragon Shines on First Album». The Korea Times. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  5. «Singer G-Dragon Faces Obscenity Probe». The Chosun Ilbo. 11 de dezembro de 2009. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  6. Hicap, Jonathan M. (19 de dezembro de 2009). «Fans defend G-Dragon against concert controversy». The Manila Publishing Corporation. Consultado em 28 de setembro de 2018. Arquivado do original em 31 de dezembro de 2009 
  7. Hicap, Jonathan M. (8 de janeiro de 2010). «G-Dragon fans file petition over concert fiasco». The Manila Publishing Corporation. Consultado em 28 de setembro de 2018. Arquivado do original em 6 de fevereiro de 2010 
  8. Lee, Jae-hoon (15 de abril de 2010). «'선정성 재판' G드래곤 콘서트, 영화도 12세可» (em coreano). nate.com. Consultado em 28 de setembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]