Heartbreaker (canção de G-Dragon)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Heartbreaker"
Single de G-Dragon
do álbum Heartbreaker
Lançamento 18 de agosto de 2009
Formato(s)
Gênero(s)
Duração 3:22
Gravadora(s) YG Entertainment
Composição G-Dragon
Produção
  • G-Dragon
  • Jimmy Thornfelt
Cronologia de singles de G-Dragon
""Rain Is Fallin'/Hybrid Dream"
(2009)
"Breathe"
(2009)
Lista de faixas de Heartbreaker
"A Boy"
(1)
"Breathe"
(3)

"Heartbreaker" é uma canção do cantor e rapper sul-coreano G-Dragon, gravada para seu primeiro álbum de estúdio Heartbreaker (2009). Composta e produzida pelo próprio juntamente com Jimmy Thornfelt, seu lançamento ocorreu em 18 de agosto de 2009, como o primeiro single do álbum homônimo. Após seu lançamento, atingiu o topo de diversas paradas dos serviços de música online sul-coreanos.

Uma versão de remistura contendo a participação do rapper estadunidense Flo Rida, foi lançada em 30 de março de 2010, como uma faixa bônus do primeiro álbum ao vivo de G-Dragon, intitulado Shine a Light (2010). A canção atingiu a posição de número oito na parada sul-coreana Gaon Digital Chart.

Lançamento e promoção[editar | editar código-fonte]

"Heartbreaker" é uma canção pop, dance e synthpop composta e produzida por G-Dragon contendo produção adicional de Jimmy Thornfelt.

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

"Heartbreaker" foi lançada em 18 de agosto de 2009, como o primeiro single do álbum de mesmo nome, cujo lançamento foi adiado até a data, para coincidir com o aniversário de 21 anos de G-Dragon.[1] A canção atingiu a primeira posição de diversas paradas dos serviços de música online sul-coreanos, incluindo Mnet e Melon.[2] Para a sua promoção, G-Dragon apresentou-se nos programas de música como Inkigayo da SBS e Music Bank da KBS.[3]

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento de "Heartbreaker", a Sony Music alegou semelhanças entre a canção com "Right Round" (2009), do rapper estadunidense Flo Rida.[4][5] A EMI, também detentora dos direitos de "Right Round", declarou que não havia constatado semelhanças entre as duas canções.[6] Apesar disso, a Sony Music Korea negou a G-Dragon a possibilidade de promover a faixa sem pagar reparações. Em 21 de setembro de 2009, um programa de notícias da emissora MBC intitulado Sisa Magazine, noticiou que funcionários da Sony teriam enviado cartas de advertência a YG Entertainment sob alegação de plágio. Um representante da primeira, afirmou que havia sido "uma decisão difícil para os críticos de música", mas eles haviam decidido que havia semelhanças entre as canções e, consequentemente, emitiram uma carta de aviso para a empresa produtora e seus compositores. A YG Entertainment por sua vez, alegou que nada havia sido decidido ou legalmente determinado e que a carta recebida, não foi considerada uma ação legal; A mesma também declarou que não havia recebido uma resposta direta acerca do assunto vindo das gravadoras.[7] Mais tarde, Yang Hyun-suk CEO da YG Entertainment, realizou uma declaração oficial, dizendo que 90% dos direitos de "Right Round", pertenciam a outras gravadoras e que as mesmas estavam em silêncio, enquanto a Sony, que detinha 10% dos direitos da canção, divulgava suas declarações oficiais apenas através da imprensa, o que os deixavam chateados com a situação gerada.[8]

Remistura[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2009, após a YG Entertainment esperar por uma posição dos detentores da canção "Right Round" e não obter resposta, a mesma decidiu contactar os representantes de Flo Rida, que decidiu realizar uma participação numa versão de remistura de "Heartbreaker".[9] A parceira de G-Dragon com Flo Rida foi anunciada em 10 de março de 2010. Yang comentou sobre a parceria dizendo: "Para evitar qualquer mal-entendido, decidimos não disponibilizá-la nos serviços [de música] online. A canção em que Flo Rida está participando, será incluída como uma faixa bônus no álbum de concertos ao vivo de G-Dragon no fim de março. Todos os lucros futuros obtidos com ela, serão doados para instituições de caridade".[9]

"Heartbreaker (remix)" com participação de Flo Rida, foi lançada em 30 de março de 2010, através do primeiro álbum ao vivo de G-Dragon de nome Shine a Light. A canção atingiu a posição de número oito na parada sul-coreana Gaon Digital Chart.[10] Em 22 de maio, G-Dragon apresentou-se como um convidado especial no concerto de Flo Rida na Coreia do Sul, onde ambos performaram a canção.[11]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

Dirigido por Seo Hyun-seung[12] O vídeo musical de "Heartbreaker" apresenta G-Dragon em cenários futuristas. A produção inicia com o mesmo vestido de roupas pretas e óculos escuros em um local iluminado. Em seguida, ele transita para um sofá localizado abaixo de uma macieira, cercado de mulheres e enquanto canta, uma imagem holográfica de uma mulher é apresentada, sussurrando em seu ouvido. Durante os refrões da canção, G-Dragon dança em cenários de fundo preto ou branco com dançarinos utilizando máscaras. Em suas cenas finais, ele começa a bater em uma parede de tijolos que se quebra, e dessa forma, consegue se ver com a supracitada mulher, adicionalmente, cenas que remetem ao vídeo musical de "Breathe" são apresentados.

O vídeo musical de "Heartbreaker", tornou-se um sucesso de visualizações na plataforma GomTV, onde adquiriu cinco milhões de visualizações em dezoito dias. Este fato levou G-Dragon a ser premiado como o Artista do Mês.[13]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Resultado Ref.
2009 Cyworld Digital Music Awards Canção do Mês (Setembro) Venceu [14]
Prêmio Escolha Ting Venceu [15]
Prêmio Principal - Bonsang Venceu
Mnet Asian Music Awards Melhor Artista Solo Masculino Indicado [16]
Melhor House & Eletrônico Indicado [17]

Vitórias em programas de música[editar | editar código-fonte]

Data Programa Emissora
28 de agosto de 2009 Music Bank KBS
4 de setembro de 2009
11 de setembro de 2009
18 de setembro de 2009
25 de setembro de 2009
6 de setembro de 2009 Inkigayo SBS
13 de setembro de 2009
20 de setembro de 2009
10 de setembro de 2009 M! Countdown Mnet
17 de setembro de 2009
24 de setembro de 2009

Referências

  1. «G-Dragon of Big Bang to Release Solo Album». KBS World. 10 de maio de 2017. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  2. Han Sang, Hee (28 de agosto de 2009). «G-Dragon Shines on First Album». The Korea Times. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  3. Kim, Lyn (7 de setembro de 2009). «G-Dragon conquers Korean music charts». Asiae. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  4. «YG Hits Sony Over Plagiarism Allegations». The Korea Times. 25 de setembro de 2009. Consultado em 29 de setembro de 2018 
  5. Lee Sung, Moo (28 de outubro de 2009). «Is Plagiarism a New Genre?». The Korea Times. Consultado em 29 de setembro de 2018 
  6. «지드래곤, '표절이라 단정하기엔 섣부른 판단!'» (em coreano). '한경닷컴. 21 de agosto de 2009. Consultado em 29 de setembro de 2018 
  7. «"표절 경고장 불쾌"…양현석 뿔났다» (em coreano). dongA. 17 de julho de 2012. Arquivado do original em 17 de julho de 2012 
  8. «YG Entertainment Responds to Plagiarism Accusations». Allkpop. 24 de setembro de 2009. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  9. a b «More information on Flo-Rida's collab with G-Dragon». Allkpop. 10 de março de 2010. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  10. «Heartbreaker (Feat. Flo Rida)». Gaon Chart. 3 de abril de 2010 
  11. «G-Dragon To Perform At Flo Rida's Concert». Soompi. 3 de maio de 2010. Consultado em 29 de setembro de 2018 
  12. «Seo Hyun-Seung Videography». IMVDb. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  13. «Five Million Hits on G-Dragon's Music Video». KBS World. 4 de setembro de 2009. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  14. «Winners at 38th, 39th Cyworld Digital Music Awards». Allkpop. 18 de outubro de 2009. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  15. Hicap, Jonathan M. (2 de março de 2010). «2NE1 wins big at Cyworld Digital Music». The Manila Publishing Corporation 
  16. 2009 Mnet Asian Music Awards Part1 Arquivado em 8 de dezembro de 2015, no Wayback Machine.. MAMA. Consultado em 28 de setembro de 2018.
  17. 2009 M.net Korean Music Festival Winners list. MAMA. Consultado em 28 de setembro de 2018.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]