Buldogue francês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura por outros resultados, veja Bulldog (desambiguação).
Bouldogue francês
Bouldogue francês
Nome original Bouldogue français
Outros nomes Bulldog francês
País de origem  França
Características
Peso 8-14 kg
Altura cerca de 30-35 cm na cernelha
Pelo curto
Cor Fulvo escuro com mancha branca no peito,branco com manchas tigradas mas nunca totalmente branco,fulvo claro,tigrado escuro e tigrado claro
Expectativa de vida 10-12 anos
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 9 - Cães de companhia
Seção 11 - molossóides de pequeno porte
Estalão #101 - 28 de abril de 1995

O buldogue francês[Nota] (em francês: Bouledogue Français) é uma raça de cão de companhia, do tipo buldogue, de pequeno porte, oriunda da França.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O buldogue Francês, que conhecemos, é o produto de diferentes cruzamentos feitos por criadores nos bairros populares de Paris no ano de 1880.[1] Sua história está ligada a marginalização britânica que sofreu durante o século XIX. Naquela época o buldogue existia em apenas um tamanho na Grã-Bretanha, já que os exemplares nascidos menores eram rejeitados. Levados à França, estes pequenos encontraram maior liberdade para se desenvolverem. Foram criados primeiramente para caçarem ratos, mas após figurarem em pinturas de DegasToulouse-Lautrec, tornaram-se populares inclusive na Inglaterra. De personalidade dita entusiástica e travessa, tornou-se um canino da moda, bem como o principal companheiro de cocheiros e açougueiros.[2] Fisicamente pode atingir os 31 cm e pesar 12,5 kg. Sua pelagem é bastante curta, grossa e de aspecto brilhante, podendo ainda apresentar-se em quatro diferentes cores: fulvo, malhado, vermelho tigrado e preto tigrado. Entre seus principais problemas de saúde estão os oculares e respiratórios (braquicefalia), que o tornam um cão de cuidados caros; e o superaquecimento, sendo então recomendada atenção especial para água.[2]

Legislação[editar | editar código-fonte]

Nos Países Baixos[3] uma lei foi aprovada em 2014 a respeito de criação de cães braquicefálicos.[4] Esta lei neerlandesa proíbe a criação de cães com focinhos muito curtos ou achatados, estabelecendo que os cães devem ter no mínimo o focinho acima de um terço (33%) do comprimento do crânio, e, outras exigências sobre abertura de nariz, profundidade de focinho, sons da respiração, pálpebras, produção de lágrimas, pigmentação da córnea, etc.[5][6] Além disso, estão sendo implementados testes de desempenho físico para reprodutores.[7] Cerca de vinte raças serão proibidas de se reproduzir se não se adequarem as exigências, entre elas o buldogue francês.[5] A medida foi estabelecida visando melhorar a saúde da população canina, diminuindo problemas causados por traços físicos exagerados das criações modernas, a exemplo do focinho achatado causador de problemas respiratórios.[8] Para se adequarem, alguns criadores estão realizando cruzamentos com outras raças para aumentar o focinho dos cães.[6]

Algumas companhias aéreas recusam o transporte de cães braquicefálicos (cães com focinho achatado), devido ao alto risco de óbito em decorrência de problemas respiratórios, como super aquecimento, que estes cães tem mais tendência a apresentar.[9][10]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Padrão oficial da raça» (PDF). CBKC. Consultado em 16 de Janeiro de 2020 
  2. a b Fogle (2009), pág 141
  3. «Por que a Holanda não quer mais ser chamada Holanda». Nexo Jornal. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  4. «Algumas raças de braquicefálicos não podem ser criadas na Holanda | Cães e Gatos». http://www.caesegatos.com.br/. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  5. a b Woodmansey, David (31 de maio de 2019). «Dutch to crack down on breeding of dogs with too short snouts». Vet Times. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  6. a b «Pug: The Netherlands». Pug Dog Passion (em inglês). 19 de julho de 2019. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  7. «Dutch introduce fitness tests for flat faced dogs before they can breed». DutchNews.nl (em inglês). 18 de março de 2019. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  8. «Síndrome Braquicefálica». Meu Cão Velhinho. 2 de dezembro de 2016. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  9. «Saiba quanto custa levar os animais de estimação em viagens e hotéis». www.nsctotal.com.br. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  10. «Passagem aérea: Saiba quanto custa viajar com seu pet de avião». www.embarquenaviagem.com. Consultado em 16 de janeiro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Buldogue francês
Ícone de esboço Este artigo sobre cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.