Lhasa apso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lhasa Apso
Nome original 拉薩犬
País de origem Tibete
Características
Peso 5,0 - 9,0 kg (em adultos)
Altura 25 - 29 cm (na cernelha)
Tamanho da ninhada 2 - 5 filhotes
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 9 - Cães de Companhia
Seção 5 - Cães do Tibete
Estalão #227 - 24 de março de 2004

Lhasa apso[Nota] é uma raça de cães de companhia, de pequeno porte, vinda do Tibete na Cordilheira do Himalaia.[1]

As características físicas da raça são resultado do clima de onde a raça fora criada. O pelo é longo e denso, muitas vezes com mais de uma cor.

São muito amorosos e companheiros. São frequentemente confundidos com a raça "Shih-tzu", porém, mesmo sendo parecidos, algumas características os diferenciam, como o focinho ligeiramente mais comprido do Lhasa apso, em comparação ao mais achatado do Shih-Tzu. Além disso os Lhasa apso tendem a ter olhos menores e menos estrábicos se comparados aos Shih-tzu.

História[editar | editar código-fonte]

Lhasa apso adulto deitado

Considerada uma das mais antigas raças, sua origem data dos idos de 1500, e seu nome vem da capital Lhasa, que em seguida recebeu o complemento apso (que pode designar tanto "ovelha", justamente pela pelagem lanosa, quanto "sentinela de Potala").[2] Vivem cerca de 12 a 18 anos.

Sagrados para os monges, tinham a função de alertar intrusos e zelar pelas propriedades; além de serem vistos pelos budistas como seres capazes de preverem avalanches, enquanto moradores das montanhas.

Por serem sagrados, eram bem cuidados e jamais trocados por dinheiro; exemplares eram dados em sinal de extremo respeito. Fora da China, foi primeiramente visto no Japão, iniciando sua expansão quatro séculos mais tarde, ao chegar à Inglaterra.[1]

Personalidade[editar | editar código-fonte]

A raça lhasa apso é peculiar, pois o contato próximo com a população do Tibete, por seguintes anos, desenvolveu a formação de sua personalidade e, por causa dessa influência, são cães amigáveis, inteligentes, vívidos e sensíveis. O temperamento do Lhasa Apso é equilibrado, destacando-se sua expressividade, obediência e estando sempre alerta.[3]

Inteligência[editar | editar código-fonte]

O cãozinho da raça lhasa apso está na 68º posição no ranking de inteligência canina feita por Stanley Coren. Ele ocupa esse lugar, pois tende a ser bastante teimoso e disperso. Entretanto, o cãozinho pode ser bastante inteligente e atender aos comando do tutor, desde que o adestramento seja feito desde cedo.[4]  

Saúde[editar | editar código-fonte]

Os cães da  raça lhasa apso são bastante saudáveis e apresentam poucas complicações de saúde.Por ter um bom histórico de saúde, sua expectativa de vida pode chegar aos 12 ou 14 anos, ou facilmente ultrapassar isso. Entretanto, costumam ter complicações e doenças oftalmológicas com facilidade, como catarata, conjuntivite e podem até mesmo ficarem cegos com o avançar da idade.

Além disso, o pelo e a pele dos cães dessa raça também merecem atenção. Devido aos pelos longos, esse cãozinho pode facilmente ter dermatites. Por isso, ao dar banho nele, certifique-se de que a pele e os pelos fiquem completamente secos. [5]

Exercícios[editar | editar código-fonte]

Mesmo sendo pequeno e aparentar ser frágil, o cãozinho dessa raça adora brincar e tem muita energia. Por isso, não pense que você não precisará brincar e passear com ele. O Lhasa Apso precisa fazer pelo menos dois passeios por dia com 15 minutos no mínimo de duração. E o tutor deve ter em mente que ele pode ficar ansioso ou estressado se não gastar energia. [6]

Preço[editar | editar código-fonte]

o preço do Lhasa Apso pode variar entre R$ 800 a R$ 1.600. E ao tomar a decisão de comprar um animal, certifique-se de que você irá comprar em um local confiável e seguro. Infelizmente existem diversos canis clandestinos no país.

Cultura popular[editar | editar código-fonte]

- O cão Floquinho, do personagem Cebolinha de Mauricio de Sousa, pertence a essa raça, embora apresente a característica fictícia de ser verde.[7]

- A paixão e admiração por esses era tanta, que antigamente os cães da raça lhasa apso eram considerados sinais de sorte, por isso eles eram dados de presente e nunca vendidos. Vender um cão dessa raça antigamente poderia ser entendido como uma ofença ao povo tibetano. Dalai-lama, um dos líderes espirituais e mais famosos do Tibete, tinha o costume de oferecer o cãozinho como presente. Ele deu exemplares para o imperador da China e também para outras figuras chinesas importantes.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Lhasa apso». Dog times. Consultado em 1 de outubro de 2011 
  2. «lhasa | Search Online Etymology Dictionary». www.etymonline.com. Consultado em 6 de agosto de 2019 
  3. «Conheça a raça de cachorro Lhasa Apso». OsPaparazzi. Consultado em 6 de agosto de 2019 
  4. «Lhasa Apso: Personalidade, características, preço e mais». Adoro Pets. 15 de fevereiro de 2018. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  5. «Adoro Pets - Tudo sobre cachorros e muito mais!». Adoro Pets. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  6. «Lhasa Apso: Personalidade, características, preço e mais». Adoro Pets. 15 de fevereiro de 2018. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  7. «Revista Meu Pet - A revista que todo mês traz matérias incríveis para deixar seu bichinho saudável e feliz.». Consultado em 4 de setembro de 2016. Arquivado do original em 16 de setembro de 2016 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Lhasa apso
Ícone de esboço Este artigo sobre cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.