Shih-tzu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shih Tzu
Exemplar da raça Shih Tzu
País de origem Tibete( China)
Características
Peso 4,5 kg - 7,5 kg
Altura até 27 cm na cernelha
Pelo longo
Tamanho da ninhada 1 - 5 filhotes
Expectativa de vida 10-16 anos
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 9 - Cães de companhia
Seção 5 - Cães do Tibete
Estalão #208 - 24 de junho de 1987

Shih-Tzu[Nota] (em chinês: 狮子) é uma raça de cães de companha originária do Tibete.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Bem como outras raças caninas antigas, a origem deste animal possui uma lenda. A lenda define o shih tzu como sendo o símbolo do amor impossível entre uma princesa chinesa e um mongol(povo predominante no Tibete). Segundo essa lenda, diante da impossibilidade de realizarem o casamento, o casal resolveu cruzar um legítimo representante da China, o Pequinês, com um representante do Tibete, o Lhasa Apso. Da união das raças surgiu o Shih-Tzu, simbolizando tudo o que há melhor nas duas culturas, e o amor entre os dois povos.[2] Seu nome significa "cão leão que nunca desiste". Sua verdadeira origem perdeu-se em meio a antigas lendas, embora saiba-se que alguns exemplares foram dados de presente ao imperador da China em 1640. De acordo com historiadores, os shi-tzus viviam no palácio, cercados de cuidados extremos e isolados de outras raças. Apenas três séculos mais tarde, começaram a fazer parte dos lares das ricas famílias chinesas e de algumas outras no Ocidente. Quase extinta durante a invasão japonesa em 1937, foi salva graças a criadores ingleses.[3]

Características[editar | editar código-fonte]

Fisicamente podem chegar a atingir os 27 cm na cernelha e pesarem até 8 kg.[4] É considerado um típico animal de companhia, apesar de menos ativo que outros de mesmo porte. No livro A Inteligência dos Cães, de Stanley Coren, ocupa a 70ª posição das 79.[3] Apesar da baixa classificação, o índice desta publicação considera como mais inteligentes as raças que obedecem mais facilmente a comandos e respondem mais rapidamente ao adestramento, considerado um ponto fraco do Shih-Tzu, pois é um cão que manifesta comportamento bastante dominante. Em aspectos cognitivos no entanto, a raça apresenta uma inteligência acima da média, sendo os exemplares bastante observadores, curiosos, exploradores do ambiente e buscam grande empatia emocional com os donos.

Filhote de Shih tzu

Prós e Contras[editar | editar código-fonte]

  • Principais aspectos negativos da raça: Há registros da ocorrência de coprofagia, alergias e dermatites, problemas oculares, hérnia umbilical, otite e pré disposição ao desenvolvimento de câncer de útero ou testículo. Assim, é imprescindível o acompanhamento periódico da saúde de exemplares da raça por profissionais veterinários capacitados.
  • Principais aspectos positivos da raça: Apresenta em geral comportamento alegre e brincalhão principalmente com crianças, late pouco, bastante curioso, muito sociável, é costume acompanhar os donos constantemente durante os deslocamentos pela residência. Devido ao porte pequeno e baixa atividade, é uma opção de raça considerável para criação em ambientes de espaço limitado como casas pequenas e apartamentos. Fisicamente se destaca pela postura firme, semblante dócil e pelagem exuberante.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Padrão da raça
  2. Multi Dog - Shih Tzu
  3. a b «Bichon bolonhês». Dog Times. Consultado em 12 de agosto de 2011 
  4. «Shih-Tzu». Saúde Animal. Consultado em 12 de agosto de 2011 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Shih-tzu
Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.