Cândido Costa Pinto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cândido da Costa Pinto
Nascimento 1911
Figueira da Foz
Morte 1976 (65 anos)
Nacionalidade Portugal Portuguesa
Área Ilustração, caricatura
Movimento(s) Surrealismo
Decadência Outonal / Fadista, 1943, óleo sobre tela, 49,5 x 45 cm

Cândido da Costa Pinto (Figueira da Foz, 19111976) foi um artista gráfico e pintor português.

Em 1931 fundou o Grupo dos Divergentes e ainda nessa década começou a dedicar-se à atividade gráfica [1].

Na década de 1940 fez várias capas com imagens surrealizantes para a Colecção Vampiro, da editora Livros do Brasil.

Participou na Exposição do Mundo Português, 1940; expôs em algumas Exposições de Arte Moderna do S.P.N./S.N.I. tendo vencido o Prémio Souza-Cardoso em 1951; participou em muitas outras mostras coletivas, nomeadamente na II Exposição Geral de Artes Plásticas (SNBA, 1947) e nas Bienais de Veneza (1950) e S. Paulo (1951) [2].

Interessou-se pelo surrealismo desde o início dos anos de 1940, em Paris, tendo contactado com André Breton. Marcada por grande habilidade técnica, a sua obra começa por revelar uma aproximação a Dali evoluindo depois para um idioma geometrizante [3].

Cândido Costa Pinto foi um dos principais impulsionadores da formação do Grupo Surrealista de Lisboa em 1947, que integrou, entre outros, Vespeira, Fernando Azevedo, Mário Cesariny e José Augusto França, mas a sua permanência nesse grupo foi breve (foi afastado por ter exposto uma pintura nas salas do SNI) [4],

Encontra-se colaboração da sua autoria no semanário Mundo Literário [5] (1946-1948)

Partiu para o Brasil de 1962, arredando-se de manifestações artísticas, e ali morreu em 1976.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. A.A.V.V. – Os Anos Quartenta na Arte Portuguesa (tomo 2). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1982, p. 20
  2. A.A.V.V. – Os Anos Quartenta na Arte Portuguesa (tomo 2). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1982, p. 20
  3. FRANÇA, José AugustoA Arte em Portugal no Século XX: 1911-1961 [1974]. Lisboa: Bertrand Editora, 1991, p. 381
  4. FRANÇA, José Augusto – A Arte em Portugal no Século XX: 1911-1961 [1974]. Lisboa: Bertrand Editora, 1991, p. 382.
  5. Helena Roldão (27 de janeiro de 2014). «Ficha histórica: Mundo literário : semanário de crítica e informação literária, científica e artística (1946-1948).» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 03 de Novembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)