Calendário etíope

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Calendário Etíope)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O calendário etíope, também chamado de Calendário Eritreu (em amárico: የኢትዮጵያ ዘመን አቆጣጠር; yä'Ityoṗṗya zëmän aḳoṭaṭär), é o calendário principal usado na Etiópia e também serve como o ano litúrgico para os cristãos na Eritreia e Etiópia pertencentes à Igreja Eritreia Ortodoxa Tewahedo, Igreja Ortodoxa Etíope Tewahedo, Igrejas Orientais Católicas, a Igreja Ortodoxa Copta de Alexandria, e Evangelismo Etíope-Eritrino (Os protestantes etíopes-eritreus na diáspora geralmente usam os calendários etíope e gregoriano para fins litúrgicos, celebrando feriados religiosos duas vezes).

Dias do Ano Novo[editar | editar código-fonte]

Enkutatash é a palavra para o Ano Novo Etíope em Amárico, a língua oficial da Etiópia, enquanto é chamada de Ri'se Awde Amet ("Aniversário da Cabeça") em Ge'ez, o termo preferido pelas Igrejas Ortodoxas Etíopes e Eritréias Tewahedo. Ocorre em 11 de setembro no calendário gregoriano; exceto no ano anterior a um ano bissexto, quando ocorre em 12 de setembro. O Ano do Calendário Etíope de 1998 Amätä Məhrät ("Ano da Misericórdia") começou no Ano Gregoriano em 11 de setembro de 2005. No entanto, os Anos Etíopes de 1992 e 1996 começaram nas Datas Gregorianas de '12 de setembro de 1999' e '2003' respectivamente. .

Esta correspondência de data aplica-se para os anos gregorianos de 1900 a 2099. O ano bissexto etíope é a cada quatro, sem exceção, enquanto os anos centuriais gregorianos são apenas anos bissextos quando exatamente divisíveis por 400; assim, um conjunto de datas correspondentes será aplicado com mais frequência por um único século. Como o ano Gregoriano de 2000 é um ano bissexto, a correspondência atual dura dois séculos. O início do ano etíope (Festa de El-Nayrouz) ocorre em 29 ou 30 de agosto (no ano anterior ao ano bissexto juliano). Esta data corresponde ao calendário juliano à moda antiga; portanto, o início do ano foi transferido para a frente no Calendário Gregoriano atualmente usado para 11 ou 12 de setembro (no ano anterior ao ano bissexto juliano)

Meses[editar | editar código-fonte]

Língua ge'ez, tigrínia e amárica
(com sufixos amáricos entre parênteses)
Língua copta Datas de início no
calendário juliano
(calendário antigo)
Datas de início no
calendário gregoriano
[válidas de março de 1900 até
fevereiro de 2100]
Gregorian Start Date
in Year after Ethiopian Leap Day
Mäskäräm (መስከረም) Tut (Thout) 29 de Agosto 11 de Setembro 12 de Setembro
Ṭəqəmt(i) (ጥቅምት) Babah (Paopi) 28 de Setembro 11 de Outubro 12 de Outubro
Ḫədar (ኅዳር) Hatur (Hator) 28 de Outubro 10 de Novembro 11 de Novembro
Taḫśaś ( ታኅሣሥ) Kiyahk (Koiak) 27 de Novembro 10 de Dezembro 11 de Dezembro
Ṭərr(i) (ጥር) Tubah (Tobi) 27 de Dezembro 9 de Janeiro 10 de Janeiro
Yäkatit (Tn. Läkatit) (የካቲት) Amshir (Meshir) 26 de Janeiro 8 de Fevereiro 9 de Fevereiro
Mägabit (መጋቢት) Baramhat (Paremhat) 25 de Fevereiro 10 de Março 10 de Março
Miyazya (ሚያዝያ) Baramundah (Parmouti) 27 de Março 9 de Abril 9 de Abril
Gənbo (t) (ግንቦት) Bashans (Pashons) 26 de Abril 9 de Maio 9 de Maio
Säne (ሰኔ) Ba'unah (Paoni) 26 de Maio 8 de Junho 8 de Junho
Ḥamle (ሐምሌ) Abib (Epip) 25 de Junho 8 de Julho 8 de Julho
Nähase (ነሐሴ) Misra (Mesori) 25 de Julho 7 de Agosto 7 de Agosto
Ṗagʷəmen/Ṗagume (ጳጐሜን/ጳጉሜ) Nasi (Pi Kogi Enavot) 24 de Agosto 6 de Setembro 6 de Setembro

Essas datas são válidas apenas de março de 1900 a fevereiro de 2100. Isso ocorre porque 1900 e 2100 não são anos bissextos no calendário gregoriano, enquanto ainda são anos bissextos no calendário etíope, ou seja, datas anteriores a 1900 e após 2100 serão compensadas. Todos os meses no Calendário Etíope tem 30 dias, exceto o último mês que possui 5 ou 6 dias, dependendo se o ano é bissexto ou não.[1]

Referências

  1. «Calendário etíope». Rodínia. Consultado em 20 de maio de 2020 

Ver também[editar | editar código-fonte]