Calimero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Calimero
Gênero Animação
Anime
Calimero
Calimero e amiguinhos (PT, 1992)
Direção Kazuva Miyazaki
Takeshi Tamiya
Yasuo Yamakichi
Yugo Serikawa
Estúdio KSS
Rever Film
Toei Animation Co. Ltd.
RAI
Gaumont Animation
Emissoras de televisão Japão NET
Alemanha ZDF,Disney Channel
Espanha TVE
Itália Rai 2
Brasil Rede Globo, TV Cultura
Portugal RTP
Reino Unido Disney Junior
Exibição original 14 de julho de 1963 – presente

Calimero é uma animação italiana-japonesa criada em 1963 por Nino Pagot, Toni Pagot, e Ignazio Colnaghi. O personagem nasceu na série de TV Carosello, que continha animações com publicidade. As animações narram as histórias de um meigo, mas infeliz pintinho (o único negro da família de galos amarelos). Ele veste metade de sua casca de ovo ainda na sua cabeça. Em suas primeiras aparições fazendo publicidade para o sabão em pó AVA, é revelado que Calimero não é negro, apenas estava coberto de lama, e é então lavado usando o produto anunciado. As futuras aparições do personagem retirariam este fato do cânone do personagem, tornando de fato Calimero em um pintinho negro. O sucesso das curtas dos anos 60 e 70 enviou os personagens ao Japão para estrelarem suas próprias séries de anime produzidas pela Toei animation. Duas foram produzidas, uma em 1972, e outra em 1992.

Em 2013 foi feita uma nova série em computação gráfica com o personagem, produzido pela Gaumont Animation.

Um filme sobre o personagem está atualmente em produção.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Os primeiros curtas italianos e a primeira série de anime contam as histórias de Calimero, juntamente de sua namorada Priscilla (considerada sua prima no cânone original), o pato bully Piero, e outros amigos, vivendo numa pequena vila.

Na série de 1992, Calimero atua juntamente com sua eterna namorada Priscilla, e Piero, que age de forma mais amigável com Calimero. Também se encontra o pintinho verde Valério/Valeriano (o aprendiz de cineasta), a pata Susi (namorada de Piero), e a tímida ave Rosella (namorada de Valério).[2] A série consiste de muitas aventuras dos personagens e como eles resolvem mistérios e fazem documentários para um canal de TV local. Suas aventuras normalmente os colocam em grandes riscos.

Na série de 2013, Calimero muda-se para Hatchington, uma cidade maior do que ele está acostumado. Ele, junto de seus amigos, vive várias aventuras no moínho aonde ficam secretamente as invenções de DoVinci, um antepassado de Calimero. Nos episódios várias de suas invenções são utilizadas.[3]

Exibição[editar | editar código-fonte]

Japão[editar | editar código-fonte]

As séries foram produzidas pela KSS, Rever, Toei Animation e RAI; e exibida no Japão pela Nihon Educational Television/Asahi Terebi e TV Tokyo.

Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil foi apresentada pela Rede Globo de Televisão no início dos anos 80 e posteriormente pela TV Cultura nos programas Glub Glub e Cocoricó.[fonte necessária]

Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal as primeiras séries italianas passaram na RTP nos anos 70 com dobragem inglesa e legendas em português. Em 1985 passou a primeira série de anime produzida no Japão na dobragem italiana com legendas em português. A última série produzida de 1992 foi emitida com dobragem portuguesa em 1999.

  1. «Calimero». Superprod Films (em inglês). Consultado em 9 de maio de 2019 
  2. カリメロアニメ紹介 (em Japanese). Chara Pit. Consultado em 17 de dezembro de 2010 
  3. «Calimero.com | Official Web Site». Calimero.com | Official Web Site (em inglês). Consultado em 9 de maio de 2019