Campylocentrum hirtellum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaCampylocentrum hirtellum
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Orchidaceae
Subfamília: Epidendroideae
Tribo: Vandeae
Subtribo: Angraecinae
Género: Campylocentrum
Espécie: C. hirtellum
Nome binomial
Campylocentrum hirtellum
Cogn. 1906
Sinônimos
Não tem

Campylocentrum hirtellum é uma espécie de orquídea, família Orchidaceae, originária do Brasil.[1] Trata-se de planta epífita, monopodial, com caule e folhas rudimentares, cujas inflorescências brotam diretamente de um nódulo na base de suas raízes aéreas. As flores são minúsculas, de sépalas e pétalas livres, e nectário na parte de trás do labelo.[2] Pertence ao grupo de espécies de Campylocentrum que não têm folhas nem caules aparentes.[3]

Publicação e histórico[editar | editar código-fonte]

  • Campylocentrum hirtellum Cogn. in C.F.P.von Martius & auct. suc. (eds.), Fl. Bras. 3(6): 521 (1906).

Congniaux descreveu e publicou esta espécie em 1906, ao descrever uma planta encontrada em Teresópolis, no Rio de Janeiro. A planta floresceu no mês de fevereiro. Distingue-se das outras espécies deste grupo por apresentar flores de segmentos muito mais estreitos; labelo claramente trilobulado e mais acuminado; nectário em ângulo reto e estreito na base e ápice e poucas inflorescências.[2] Apesar de sua descrição ter sido feita com base em uma planta encontrada no estado do Rio de Janeiro,[1] estranhamente, Guido Pabst citada esta espécie apenas para os estados de Santa Catarina e Amazonas,[3] no quê é seguido pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro.[4].

Referências

  1. a b R. Govaerts et al. World Checklist of Orchidaceae. The Board of Trustees of the Royal Botanic Gardens, Kew.Published on the Internet (em inglês). Consultada em 27 de dezembro 2012.
  2. a b Cogn. (1906). «Campylocentrum hirtellum». in C.F.P.von Martius & auct. suc. (eds.) Fl. Bras. 3(6). 522 páginas 
  3. a b Pabst, Guido & Dungs, Fritz: Orchidaceae Brasilienses vol. 2 p. 206, Brucke-Verlag Kurt Schmersow, Hildesheim, 1978. ISBN 3871050106
  4. Barros, F. de, Vinhos, F., Rodrigues, V.T., Barberena, F.F.V.A., Fraga, C.N., Pessoa, E.M. «Orchidaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro.». Consultado em 27 de dezembro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre orquídeas (família Orchidaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.