Capuz cervical

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Capuz cervical
Informação
Tipo Barreira
Primeiro uso 1838
Taxas de gravidez (ano, Prentif)
Uso perfeito Nulíparas: 9%
Primípara/Multípara: 26 %
Uso típico Nulíparas: 16%
Primípara/Multípara: 32 %
Utilização
Reversibilidade Imediata
Notas Deve ser inserido com espermicida e mantido no local por 8 horas após a relação sexual
Intervalo clínico Para ajustes e subsequentes substituições
Vantagens e desvantagens
Proteção contra DST Possível
Aumento de peso Não
Benefícios Pode ser deixado no local por 48-72 horas
Posição do capuz cervical

O capuz cervical é um método de contracepção do tipo barreira. Ele se encaixa no cérvix e bloqueia a entrada do esperma no trato reprodutor feminino. O capuz cervical pode ser feito de látex ou silicone. Seu tamanho comparado ao diafragma é menor. Até um dia antes da relação sexual o capuz cervical deve ser preenchido com espermicida e inserido para dentro da vagina acima do cérvice.[1]

Notas e referências

  1. Boa Saúde. «Métodos de Contracepção: Resumo». Consultado em 4 de fevereiro de 2010.