Inhame

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Cará)
Ir para: navegação, pesquisa
Inhame no mercado de Brixton.

Inhame e cará são nomes comuns de várias espécies de plantas bem diferentes, dos gêneros Dioscorea, Alocasia, Colocasia, Xanthosoma, e Ipomoea, e de suas "batatas" (rizomas ou cormos amiláceos)[1][2][3][4]. Essas plantas são muito cultivadas na África, América Latina, Ásia e Oceania e desempenham papel importante na alimentação dessas regiões.

Inhame Cará[editar | editar código-fonte]

O cará, caranambu, caratinga, cará-de-folha-colorida, cará-liso, cará-de-pele-branca ou inhame-cará é um tubérculo cultivável pertencente a várias espécies da família das dioscoreáceas.[5] O padre José de Anchieta (1534-1597) menciona o cará em seus escritos, louvando seus valores. Como hortaliça, o cará é um alimento energético. Também destaca-se como fonte de vitaminas do complexo B.

Espécies e variação regional[editar | editar código-fonte]

O significado específico desses nomes varia de região para região. A confusão é devida ao fato de que essas plantas produzem "batatas" comestíveis que são cozidas de modo semelhante.

Algumas espécies do gênero Dioscorea (família Dioscoreaceae) e seus tubérculos são geralmente chamadas de "inhame" no nordeste e sul do Brasil, incluindo estado de Paraná; mas de "cará" no sudeste, especialmente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, especialmente nas capitais e em textos técnicos[4]. Nos estados da Paraíba e Pernambuco usa-se "inhame" para as espécies de Dioscorea que produzem túberos grandes (como inhame da Costa, inhame São Tomé) e "cará" para as que produzem túberos pequenas (como cará nambú)[4].

Algumas espécies dos gêneros Alocasia e Xanthosoma (família Araceae) têm nomenclatura oposta: "inhame" no sudeste, e "cará" no nordeste.

Nos Açores, chama-se de "inhame" (ou "coco", na ilha de São Jorge), o taro (Colocasia esculenta), que é extensamente cultivado nestas ilhas. Por essa razão, em outras regiões lusófonas, o taro é também chamado de "inhame", "cará", "inhame-coco" ou "inhame-dos-açores".

A batata-doce, tubérculo comestível produzido pelas plantas do gênero Ipomoea, também é chamado em alguns lugares do Brasil de inhame, inhame-doce, ou cará-doce — embora estes últimos nomes sejam mais corretamente usados para a espécie Dioscorea trifida.

Na sua carta sobre o descobrimento do Brasil, o escrivão Pero Vaz de Caminha chamou a mandioca de "inhame": "Muito inhame e outras sementes que na terra há e eles comem".[6]

Origem dos nomes[editar | editar código-fonte]

O vocábulo "inhame" origina-se das línguas do oeste da África. A palavra yam, do inglês, vem do Wolof nyam, que significa "a amostra" ou "sabor"; em outras línguas Africanas, a palavra utilizada para inhame também pode significar "comer", como, por exemplo, yamyam e nyama, em Hausa.

A palavra "cará" vem de termo tupi ka'rá.[7] "Caratinga" vem do termo tupi aka'ratin'ga, que significa "cará branco".[8]

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.947
  2. Gilberto Pedralli, 2002, Uso de nomes populares para as espécies de Araceae e Dioscoreaceae, in Carmo, C.A.S, Inhame e taro. Sistemas de produção familiar, Vitória: Incaper, p. 15-26.
  3. Ayensu, Coursey, 1972.
  4. a b c Elson Soares dos Santos, Marney Pascoli Cereda, Gilberto Pedralli e Mário Puiatti (2007), Esclarecimentos sobre as Denominações dos Gêneros Dioscorea e Colocasia Tecnol. & Ciên. Agropec., João Pessoa, v.1, n.1, p.37-41
  5. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. pp. 346,349.
  6. Janice Kiss (), Cará ou Inhame? Sítio web do Globo Rural, acessado em 2016-02-21.
  7. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p. 346
  8. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p. 349.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Inhame

Ligações externas[editar | editar código-fonte]