Carandaí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Município de Carandaí
Bandeira de Carandaí
Brasão de Carandaí
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 27 de abril
Fundação 7 de junho de 1924 (94 anos)
Gentílico carandaiense
Padroeiro(a) Santa'Ana[1]
CEP 36280-000 a 36289-999[2]
Prefeito(a) Washington Luiz Gravina Teixeira (PSD)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Carandaí
Localização de Carandaí em Minas Gerais
Carandaí está localizado em: Brasil
Carandaí
Localização de Carandaí no Brasil
20° 57' 14" S 43° 48' 21" O20° 57' 14" S 43° 48' 21" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Campo das Vertentes IBGE/2008 [3]
Microrregião Barbacena IBGE/2008 [3]
Municípios limítrofes Caranaíba, Casa Grande, Lagoa Dourada, Prados, Dores de Campos, Barbacena, Ressaquinha, Senhora dos Remédios, Capela Nova, Barroso e Cristiano Otoni
Distância até a capital 137 km
Características geográficas
Área 486,409 km² [4]
População 23 341 hab. IBGE/2010[5]
Densidade 47,99 hab./km²
Altitude 1080 m
Clima Tropical de altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,76 alto PNUD/2000 [6]
PIB R$ 256 433,686 mil IBGE/2008[7]
PIB per capita R$ 11 102,47 IBGE/2008[7]
Página oficial
Prefeitura www.carandai.mg.gov.br
Câmara www.camaracarandai.mg.gov.br

Carandaí é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Conhecido como o Celeiro de Minas Gerais, o município é o maior horticultor de Minas Gerais e está a 1057 metros acima do nível do mar. Divide-se entre o distrito sede, Pedra do Sino e Hermílio Alves.[8] É cortada pela antiga Estrada de Ferro Central do Brasil e pela Rodovia JK (BR-040).[carece de fontes?]

O Coreto situado na Praça Barão de Santa Cecília; o Cruzeiro, onde temos a vista parcial da cidade; Hotel Fazenda Pedra do Sino; o Calçadão, onde pessoas de todas as gerações se reúnem aos finais de semana (nem todas as gerações e nem todos os finais de semana); além de diversas outras praças.[carece de fontes?]

Carandaí faz parte também da Estrada Real. Possui restaurantes que servem comidas tipicamente caseiras. Na cultura destaca-se o grupo de seresta Os Vagalumes (que já não existe mais), premiadíssimo em diversos festivais, e também as danças de Congado que animam a festa do Sagrado Coração de Jesus.[carece de fontes?] Destaca-se também a Corporação Musical Santa Cecília.[carece de fontes?]

Entre os diversos festejos, destaca-se o carnaval carandaiense, intitulado como Caranfolia, com desfiles de escolas de samba, blocos caricatos e blocos com abadá. Das escolas de samba com destaque o GRES Palmeira e GRES Acadêmicos do Bafo da Minhoca. Entre os blocos, destacam-se Pererecas da Sapolândia (homens fantasiados de mulher) e os Blocos, Bloco soberano e Bloco perdidão, reúnem o maior e mais animado número de foliões (são os blocos da juventude), o Bloco do Galo Doido (torcedores atleticanos), o Bloco do Raposão (torcedores cruzeirenses) e o Bloco do Juninho voltado para as crianças, com apresentação nos matinês.[9]

Localização[editar | editar código-fonte]

Carandaí fica situada na mesorregião do Campo das Vertentes e na microrregião de Barbacena, faz divisa com 11 municípios (Caranaíba, Casa Grande, Lagoa Dourada, Prados, Dores de Campos, Barbacena, Ressaquinha, Senhora dos Remédios, Capela Nova, Barroso e Cristiano Otoni) e fica a 137 quilômetros da capital.[carece de fontes?]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 6. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  2. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  3. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  5. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  8. Estado de Minas Gerais (30 de dezembro de 1962). «Lei 2764». Consultado em 2 de outubro de 2011 
  9. http://www.carandai.mg.gov.br/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.