Caranaíba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Caranaíba
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Caranaíba
[[1]]
Brasão de armas de Caranaíba
[de armas]
Hino
Gentílico caranaibense
Localização
Localização de Caranaíba em Minas Gerais
Localização de Caranaíba em Minas Gerais
Caranaíba está localizado em: Brasil
Caranaíba
Localização de Caranaíba no Brasil
Mapa de Caranaíba
Coordenadas 20° 52' 33" S 43° 44' 20" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Capela Nova, Santana dos Montes, Cristiano Otoni, Carandaí
Distância até a capital 131 km
História
Fundação 31 de dezembro de 1962
Aniversário 01 de março
Administração
Prefeito(a) Marcos Belavinha (2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 160,022 km²
População total (IBGE/2010[3]) 3 288 hab.
Densidade 20,55 hab./km²
Clima ameno
Altitude 700 mínima e 1.231 máxima m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 36428-000 a 36429-999[1]
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [4]) 0,706 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 16 337,813 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 4 603,50
Outras informações
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Glória[6]
www.caranaiba.mg.gov.br (Prefeitura)

Caranaíba é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2004 era de 3.487 habitantes.

Educação[editar | editar código-fonte]

A rede de ensino conta com:

  • 1 Escola Estadual de ensino fundamental e ensino médio.
  • 4 Escolas Municipais de ensino fundamental, sendo 1 na sede do município e 3 nos povoados: Campinho, Bernardo Corrêa, Salsa.

Na cidade, uma biblioteca pública Diretora Geni Rezende vem complementar sua rede de ensino, com acervo de obras para leituras e pesquisas.

As ruas de Caranaíba são calçadas em pedras e asfalto, existe serviço de água potável contando com nascentes e também poços artesianos, que supre a cidade o ano inteiro. Tem ampla rede de esgoto na sede do Município, e, ainda em fase de construção em novos bairros. Até meados de 2017 não contava com tratamento de água e esgoto.

Na área de lazer temos duas quadras poliesportivas cobertas, Estádio Municipal 'José Barbosa', e o Parque de Exposição Prefeito 'José Teixeira de Rezende'.

Economia[editar | editar código-fonte]

Contamos também com várias casas comerciais, bares, açougues, padaria, e um posto de combustível.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Os povoados que formam o Município de Caranaíba, são bem traçados com pracinhas, ruas, postos telefônicos, Mini-Postos de saúde, luz elétrica, escolas de ensino fundamental.

Caranaíba está situada entre belíssimas serras de matas verdes, rios e cachoeiras, dando a cidade uma visão de preservação da natureza, possuindo um clima tropical e saudável, favorável à população, a fauna e flora.

História[editar | editar código-fonte]

A rota de penetração da bandeira de Fernão Dias Paes Leme passa pela região onde está o município. Saindo de São Paulo no início do século XVIII, entrou nas região minas gerais pela Garganta do Embaú, cruzou o Rio Grande e alcançou o vale do Rio Paraopeba, depois de passar pelo Rio das Mortes. Caranaíba está na porta de entrada para as nascentes do Rio Paraopeba, onde se localiza os municípios vizinhos de Cristiano Otoni e Queluzito. Necessitando de pontos de apoio e de aprovisionamento, nasciam fazendas e consequentemente povoados ao longo dos caminhos de penetração. Foi como povoado de Nossa Senhora da Glória de Queluz ou simplesmente Glória de Queluz que nasceu a Caranaíba de hoje. Entre os sesmeiros da região, um se destacou, foi o Conde Afonso Celso de Assis Figueiredo, foi deputado pela província mineira, ministro da Fazenda do Império em 1879, membro da Academia Brasileira de Letras e mais tarde Visconde de Ouro Preto. Em 1739 foi erguida a capela em taipa e madeira, em nome de Nossa Senhora da Glória, e em 1770 em alvenaria pelo construtor José Costa de Oliveira famoso por outras igrejas com a Matriz Campo Alegre dos Carijós(Conselheiro Lafaiete) e seu trabalho tem a mesma conformação das igrejas dos Profetas de Congonhas. Por questões políticas, a Sra. Adelaide Christina de Assis, fazendeira da região fez transferir a então Paróquia de Nossa Senhora das Dores, de 1856, para a Capela Filial de Nossa Senhora da Glória, permanecendo lá de 1864 a 1873, voltando à sua antiga sede pela morte do Padre Agostinho Cesário de Andrade, inimigo de Dna Adelaide Christina. Em 1908 após ser transferida para a Paróquia de Santana dos Montes, voltou a ser definitivamente sede de paróquia. E a 30 de setembro deste mesmo ano o distrito passa a se chamar Caranaíba integrado ao município de Carandaí. Em 30 de dezembro de 1962, foi elevado a município. Em 1 de março de 1963 deu-se a emancipação do município.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 15. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.