Carne trémula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Cinema.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde março de 2018.
Carne trémula
Em Carne Viva[1] (PRT)
Carne Trêmula[2] (BRA)
Flag of Spain.svg Espanha,  França
1997 •  cor •  103 min 
Direção Pedro Almodóvar
Roteiro Pedro Almodóvar
Jorge Guerricaechevarría
Ray Loriga
Elenco Javier Bardem
Liberto Rabal
Francesca Neri
Penélope Cruz
José Sancho
Género drama
Idioma espanhol, italiano, búlgaro

Carne trémula é um filme franco-espanhol de 1997, dirigido por Pedro Almodóvar.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Madri, janeiro de 1970. Uma prostituta tem um filho num autocarro, quando tentava chegar na maternidade, e ali mesmo dá-lhe o nome de Victor. Após vinte anos, Victor (Liberto Rabal) é um homem, que está a começar a sua vida adulta e tenta-se encontrar com Elena (Francesca Neri), uma desconhecida, com quem uma semana antes teve relações dentro de um banheiro. Quando telefona, ela não tem ideia de quem ele é e mesmo dizendo, ela pede que ele não ligue mais. Apesar deste corte, ele não desanima e consegue ir até o prédio dela. Pensando ser outra pessoa, ela abre a porta através do porteiro eletrónico, mas quando o vê fica bastante irritada, pois para ela foi só uma relação ocasional, quando estava "fora de si", mas para Victor foi a primeira vez. Ela decide expulsá-lo, ameaçando-o com uma arma. Os dois lutam e acontece um tiro acidental, que não fere ninguém, mas chama a atenção de uma vizinha, que alerta a polícia e para lá são mandados David (Javier Bardem) e Sancho (José Sancho). Ao ver os dois policiais, Victor apavora-se e chega a ameaçar Elena, encostando o revólver à sua cabeça. Enquanto David tenta acalmar a situação, Sancho está exaltado e faz ameaças. Quando Victor solta Helena, parece, que tudo vai se acalmar, mas Sancho pula em cima dele e os dois começam a brigar e novamente a arma dispara, mas desta vez a bala atinge David, que fica paralítico. Ele é condenado a seis anos, David e Elena se casam e Sancho e Clara (Ángela Molina), sua esposa, tem um casamento infeliz. Quando Victor é posto em liberdade, ele herda 150 mil pesetas da mãe, que morreu de câncer. Ao ir visitar seu túmulo, repara que o pai de Elena está sendo enterrado. Ele aproxima-se como se fosse um amigo da família e, ao dar os pêsames, fala discretamente para Elena que gosta muito dela. Quando todos tinham ido embora e só Victor ficara no local, chega Clara, que se perdera. Os dois começam a conversar e em pouco tempo tornam-se amantes. Este é o primeiro passo para que o caminho de todos os cinco se cruzem.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Premiações[editar | editar código-fonte]

  • Uma indicação ao prêmio BAFTA de 1999.
  • Prêmio de melhor ator coadjuvante para José Sancho no Festival de Goya de 1998.
Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme do cinema espanhol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.