Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem (Belo Horizonte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros sentidos para a palavra Boa Viagem, veja Boa Viagem.
Santuário Nossa Senhora da Boa Viagem
Construção 1932
Diocese Arquidiocese de Belo Horizonte
Local Belo Horizonte,  Brasil

O Santuário Nossa Senhora da Boa Viagem é um templo católico localizado na cidade brasileira de Belo Horizonte.[1] Foi Catedral de Belo Horizonte até o início da construção da atual, a Catedral Cristo Rei.[carece de fontes?]

História[editar | editar código-fonte]

Desde o começo do século XVIII, o território onde hoje está a igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem foi ocupado por construções religiosas. Na época colonial, no Curral Del Rei, arraial que foi destruído para a construção de Belo Horizonte, havia uma capela de pau-a-pique, que foi substituída, anos depois, por uma matriz maior.

Em 12 de dezembro de 1897, a matriz da Boa Viagem foi destruída e, em 1932, já estava construída a igreja atual.

As construções começaram em 1913, e o estilo escolhido foi o neogótico. Em 11 de fevereiro de 1921, antes que as obras terminassem, a igreja em construção foi transformada em Catedral pela Arquidiocese de Belo Horizonte. Em 1924, foi transformada em arcebispado.

A igreja foi consagrada à Nossa Senhora da Boa Viagem, por causa de uma imagem esculpida em madeira, que era a protetora de um barco português chamado "Nossa Senhora da Boa Viagem". Esta imagem está no altar lateral da direita da catedral e mede pouco mais de meio metro de altura. Atualmente, a igreja é mantida e administrada pela Congregação do Santíssimo Sacramento.

Em 2 de junho de 1977, a Igreja da Boa Viagem foi tombada pelo governo de Minas Gerais.

Referências

  1. «História». Arquidiocese de Belo Horizonte. Consultado em 21 de julho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]