Changing Lanes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, cine e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Changing Lanes
Manobra Perigosa[1][2] (PRT)
Fora de Controle[3][4] (BRA)
Affleck e Jackson, destaques no cartaz do filme nos EUA
 Estados Unidos
2002 •  cor •  99 min 
Direção Roger Michell
Produção Scott Rudin
Argumento Chap Taylor e Michael Tolkin, baseado na história de Chap Taylor
Roteiro Chap Taylor
Michael Tolkin
Elenco Ben Affleck
Samuel L. Jackson
Toni Collette
Sydney Pollack
William Hurt
Amanda Peet
Gênero filme de drama
filme de suspense
filme de ação
Música David Arnold
Figurino Ann Roth
Cinematografia Salvatore Totino
Edição Christopher Tellefsen
Companhia(s) produtora(s) Paramount Pictures
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento Estados Unidos 12 de abril de 2002
Brasil 16 de agosto de 2002
Portugal 22 de novembro de 2002
Idioma inglês
Orçamento US$45 milhões[5]
Receita US$94,9 milhões
Site oficial

Changing Lanes (br: Fora de Controle; pt: Manobra Perigosa) é um filme estadunidense de 2002, dos gêneros drama, ação e suspense, dirigido por Roger Michell e estrelado por Ben Affleck e Samuel L. Jackson.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Uma sexta-feira santa acaba sendo um péssimo dia para Gavin Banek (Ben Affleck) e Doyle Gibson (Samuel L. Jackson), quando se envolvem num acidente de trânsito no centro da cidade.

Banek, é um advogado de sucesso, que precisa de ir ao tribunal para levar uma procuração muito importante, pois dá à empresa do sogro, Stephen Delano (Sydney Pollack), o direito de administrar uma fundação com capital enorme de 107 milhões de dólares. Como ele estava cheio de pressa, nem reparou que tinha deixado um cheque em branco para Gibson consertar o carro. A vida também não estava boa para Gavin, pois na altura de apresentar a dita procuração não a acha e rapidamente descobre que a deixou no local do acidente.

Deste momento em diante, cada um deles sente-se cada vez mais prejudicado, e farão de tudo para prejudicar o outro num embate feroz e a alta velocidade.

Elenco[editar | editar código-fonte]


Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme foi um sucesso de bilheteria, com um orçamento de $45,000,000, o filme arrecadou $66,818,548 nos Estados Unidos e $28,117,216 internacionalmente, para um total bruto de $94,935,764.[5]

Resposta da crítica[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas favoráveis ​​dos críticos. Site Rotten Tomatoes dá ao filme uma pontuação de 77% com base em comentários de 149 críticos, com uma pontuação média de 7/10.[6] Metacritic deu-lhe uma pontuação média de 69/100 de 36 comentários que coletou.[7]

Roger Ebert do Chicago Sun-Times elogiou o filme, chamando-o de um dos melhores filmes do ano.[8]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. «Manobra Perigosa». Portugal: SapoMag. Consultado em 23 de novembro de 2018 
  2. «Manobra Perigosa». Portugal: CineCartaz. Consultado em 23 de novembro de 2018 
  3. «Fora de Controle». Brasil: CinePlayers. Consultado em 23 de novembro de 2018 
  4. «Fora de Controle». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 23 de novembro de 2018 
  5. a b «Changing Lanes (2002)». Box Office Mojo. Consultado em 7 de outubro de 2010 
  6. Changing Lanes Movie Reviews, Pictures. 'Rotten Tomatoes. Retrieved October 7, 2010.
  7. Changing Lanes Reviews, Ratings, Credits, and More at Metacritic
  8. Ebert, Roger (12 de abril de 2002). «Changing Lanes – Reviews». Chicago Sun-Times. Consultado em 12 de março de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.