Chase XC-123A

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
XC-123A
Avião
Descrição
Tipo / Missão Avião de transporte militar
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Chase Aircraft
Quantidade produzida 1
Desenvolvido de Chase XCG-20
Primeiro voo em 21 de abril de 1951 (69 anos)
Tripulação 3
Especificações (Modelo: XC-123A)
Dimensões
Comprimento 23,5 m (77,1 ft)
Envergadura 33,53 m (110 ft)
Altura 10,31 m (33,8 ft)
Área das asas 113,6  (1 220 ft²)
Alongamento 9.9
Peso(s)
Peso vazio 11 340 kg (25 000 lb)
Peso máx. de decolagem 27 216 kg (60 000 lb)
Propulsão
Motor(es) General Electric J47-GE-11
Força de empuxo (por motor) 2 359 kgf (23 100 N)
Performance
Velocidade máxima 805 km/h (434 kn)
Velocidade de cruzeiro 644 km/h (347 kn)
Notas
Fontes: Gunston[1] e Adcock[2]

O Chase XC-123A foi um avião de transporte militar desenvolvido pela Chase Aircraft. Foi o primeiro avião de transporte a jato construído para a Força Aérea dos Estados Unidos, com a intenção de ser utilizado para transporte de alta velocidade de cargas e pessoal de alta prioridade. O XC-123A tinha vantagens insuficientes sobre outros tipos já em serviço, não entrando em produção. O único protótipo foi convertido no avião a pistão Stroukoff YC-123D para testar sistemas de controle da camada limite.

Projeto e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

No final da década de 1940, a Chase Aircraft havia desenvolvido o XG-20, o maior planador já construído nos Estados Unidos.[3] Na época que estava finalizado e pronto para ser operado, a doutrina dos militares americanos havia sido alterada para remover o uso de planadores de transporte em combate.[4]

Entretanto, o XG-20 foi projetado para que fosse de fácil instalação motores e a Chase modificou os dois protótipos em aeronaves motorizadas, um tornando-se o XC-123, com dois motores a pistão.[5] O segundo XG-20, entretanto, foi levado a uma reconfiguração ainda mais radical, sendo instalados pilones para motores a jato, iguais aos instalados para bombas nos bombardeiros Convair B-36 e Boeing B-47, tornando-se o XC-123A.[2] Como não havia espaço suficiente na asa do antes planador, tanques de combustível foram instalados sob o piso da cabine.[2]

Histórico operacional[editar | editar código-fonte]

Apelidado de "Avitruc" por seu fabricante,[6] o XC-123A conduziu seu voo inaugural em 21 de Abril de 1951,[2] tornando-se a primeira aeronave de transporte a jato a voar nos Estados Unidos.[2] Foi considerado "excelente" nos testes de voo, mostrando poucos problemas,[1] e demonstrando uma relativamente boa capacidade de operação em pistas curtas.[2]

Apesar disso, mesmo o XC-123 tendo provado seu sucesso, o XC-123A não recebeu pedidos de produção. Apesar do desempenho da aeronave em pistas curtas ou despreparadas ser bom, os motores por serem instalados em uma posição não tão elevada, poderiam sugar detritos do solo, danificando-os.[2] Além disso, o projeto da aeronave não era compatível com seus motores,[7] resultando em sua incapacidade de fornecer capacidade de cargo suficiente se comparado a quantidade de combustível que seus motores requeriam.[4] Por todos estes motivos, o projeto do XC-123A foi abandonado e nenhuma outra aeronave foi construída.[4]

Após a conclusão dos testes, O XC-123A foi convertido e motorizado com dois motores radiais Pratt & Whitney R-2800, sendo utilizado para teste de sistemas de controle da camada limite como Stroukoff YC-123D, recebendo o número de série 53-8068.[2][8][9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas
  1. a b Gunston (ed.) 1980
  2. a b c d e f g h Adcock 1992, p.7.
  3. Sergievsky et al. 1998, p.128
  4. a b c Mitchell 1992, p.164.
  5. Adcock 1992, p.4.
  6. Air League 1975, p. 113.
  7. Sweetman 1979, p.97.
  8. Baugher 2010a
  9. Baugher 2010b
Bibliografia
  • Adcock, Al (1992). C-123 Provider in action. Col: Aircraft In Action. 124. Carrollton, TX: Squadron/Signal Publications. ISBN 978-0-89747-276-0 
  • Air League (1975). «Chase XC-123A». Air Pictorial. 37. Londres, Reino Unido: Air League of the British Empire. p. 113 
  • Baugher, Joe (2010). «1946-1948 USAAF Serial Numbers». Consultado em 28 de Novembro de 2010 
  • Baugher, Joe (2010). «1953 USAAF Serial Numbers». Consultado em 22 de Janeiro de 2011 
  • Gunston, Bill (1980). The Illustrated Encyclopedia of Commercial Aircraft. Nova Iorque, Estados Unidos: Exeter Books. ISBN 978-0-89673-077-9 
  • Lednicer, David (2010). «The Incomplete Guide to Airfoil Usage». University of Illinois at Urbana-Champaign. Consultado em 27 de Novembro de 2010 
  • Mitchell, Kent A. (1992). «The C-123 Provider». AAHS Journal. 37. Santa Ana, CA, Estados Unidos: American Aviation Historical Society. Consultado em 28 de Novembro de 2010 
  • Sweetman, William (1979). A History of Passenger Aircraft. Londres, Reino Unido: W.H. Smith/Hamlyn Publishing Group. ISBN 978-0-600-37248-6 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Chase XC-123A