Christian Wolff

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Christian von Wolff)
Ir para: navegação, pesquisa
Christian Wolff
Nascimento 24 de janeiro de 1679
Breslávia
Morte 9 de abril de 1754 (75 anos)
Halle an der Saale
Nacionalidade Alemanha Alemão
Orientado(s) Martin Knutzen, Johann Samuel König
Campo(s) Filosofia

Christian Wolff (Breslávia, 24 de janeiro de 1679Halle an der Saale, 9 de abril de 1754) foi um filósofo alemão. Depois de receber um título nobiliárquico passou a chamar-se Christian Freiherr von Wolff.

Trabalhou na Universidade de Halle (sede do pietismo). Christian Wolff foi o mais importante filósofo alemão entre Leibniz e Kant. Popularizou o deísmo, Leibniz e glorificou Confúcio. Pelo seu intelectualismo, insistiu na ideia de que tudo pode ser provado, inclusive Deus e a imortalidade. Os pietistas opuseram-se fortemente às suas teorias e isto acabou levando Von Wolf a ser banido de Halle an der Saale em 1723. Após esse incidente, o filósofo trabalhou um período na Universidade de Marburgo, voltando para Halle após esta tornar-se racionalista.

Wolff é considerado o criador do alemão como língua da instrução e da pesquisa acadêmica, embora igualmente escrevesse em latim para que a sua obra pudesse ser lida por pessoas de outros países, como de fato o foi. Foi um dos fundadores da economia e da administração, entre outros campos do saber, como disciplina acadêmica; concentrou-se especialmente nestas áreas do saber, dando inclusive conselhos práticos para governos, e afirmando a natureza profissional e universal da educação. Afirma-se que seu trabalho teve forte influência na declaração de independência americana. Wolff começou sua obra escrevendo o Elementa Matheseos Universae em 5 volumes que passou por nove edições entre 1713 e 1742; também escreveu, em 1717, o Anfangsgründe der aller Mathematischen Wissenschaften (Princípios básicos de toda a ciência matemática) Wolff manteve correspondência regular com Leibniz durante o período de 1704 a 1716 e sua extensa obra filosófica foi muito influenciada por ele.

Foi conselheiro científico de Pedro, o Grande, de 1716 a 1725, o qual ajudou a fundar a Academia de Ciências de São Petersburgo, na Rússia. Tornou-se reitor da Universidade de Halle, de onde tinha sido expulso, em 1741, a pedido do rei da Prússia e ali ficou até 1754, ano da sua morte.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Christian Wolff