Christopher Zeeman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Christopher Zeeman
Christopher Zeeman em Warwick, 1980
Nascimento 4 de fevereiro de 1925
Japão
Morte 13 de fevereiro de 2016 (91 anos)
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Alma mater Universidade de Cambridge
Prêmios Prêmio Whitehead Sênior (1982), Prêmio Michael Faraday (1988)
Orientador(es) Shaun Wylie[1]
Orientado(s) Peter Buneman, David Epstein, Tim Poston, David Trotman, Charles Wall
Instituições Universidade de Cambridge, Universidade de Warwick, Universidade de Oxford, Gresham College
Campo(s) Matemática

Erik Christopher Zeeman FRS (Japão, 4 de fevereiro de 1925 - 13 de fevereiro de 2016[2]) foi um matemático britânico nascido no Japão. Conhecido por seu trabalho em topologia geométrica e teoria das singularidades.

Sir Christopher no Warwick Mathematics Institute em dezembro de 2009

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Catastrophe theory. Selected Papers, 1972-1977. Addison-Wesley 1977.
  • Bifurcation and catastrophe theory. Contemporary Mathematics, Volume 9, 1981.
  • Catastrophe Theory. Scientific American, Abril de 1976.
  • Geometry and perspective. 1987 (também em vídeo).
  • Gyroscopes and boomerangs. Royal Institution 1989 (também em vídeo).
  • Recommended theorems in 3-dimensional geometry. 2000.
  • Gears from the Greeks. Proc. Royal Institution, Volume 58, 1986, p. 139 (sobre a máquina de Anticítera).
  • Unknotting combinatorial balls. Ann. of Math. (2) 78 1963, 501–526.
  • The generalised Poincaré conjecture. Bull. Amer. Math. Soc. 67 1961, 270.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.