Cobra Woman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cobra Woman
A mulher serpente (PT)
Mulher satânica / Mulher Cobra (BR)
Maria Montez em trailer do filme
 Estados Unidos
1944 •  cor •  71 min 
Direção Robert Siodmak
Produção George Waggner
Roteiro Scott Darling (história)
Gene Lewis
Richard Brooks
Elenco Maria Montez
Jon Hall
Sabu
Gênero Aventura
Idioma inglês
Cronologia
Ali Baba and the Forty Thieves
Gypsy Wildcat
Página no IMDb (em inglês)

Cobra Woman (br.: Mulher satânica ou Mulher-cobra / pt.: A mulher serpente) é um filme de aventura romântica estadunidense de 1944, dirigido por Robert Siodmak para a Universal Pictures. Filmado em Technicolor e com roteiro de Gene Lewis e Richard Brooks. Maria Montez estrela o filme (em papel duplo) ao lado de seu parceiro habitual Jon Hall e se destaca dançando o "ritual da cobra". O diretor Siodmak voltaria a usar técnicas de filmagens especiais para um mesmo ator em papel de seu irmão gêmeo idêntico no filme noir de 1946 The Dark Mirror (br: "Espelhos d'alma"), estrelado por Olivia de Havilland.

O cineasta experimental "avant-garde" Kenneth Anger afirmou ser esse seu filme favorito. O crítico Leonard Maltin deu três estrelas num total de quatro, classificando-o como clássico "camp".[1][2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sabu
Edgar Barrier
Mary Nash

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Nos Mares do Sul, a nativa Tollea e o pescador Ramu vão se casar mas no dia da cerimônia a moça é raptada pelo gigante mudo Hava. MacDonald conta a Ramu que ela provavelmente foi levada de volta ao seu povo, na Ilha Cobra. Ramu vai atrás dela, seguido pelo jovem nativo Kado e seu mascote chimpanzé. Ao chegar ao local, ele conhece os nativos com uma estranha religião de adoração de uma enorme cobra naja e que vivem temerosos do vulcão na ilha entrar em erupção. Tollea foi trazida a mando da idosa rainha para assumir o posto de Alta Sacerdotisa, no lugar da cruel Naja, irmã gêmea dela.

Produção[editar | editar código-fonte]

Universal anunciou o filme em junho de 1942 - com o mesmo trio de protagonistas de Arabian Nights mesmo antes das filmagens desse terem sido iniciadas.[3] Era para ser a produção seguinte mas White Savage acabou realizado primeiro.[4] As filmagens ocorreram em maio de 1943.[5]

Referências

  1. «Cobra Woman (1944) - Overview». TCM.com. Consultado em 12 de julho de 2012. 
  2. Cobra Woman do fansite de Maria Montez fansite; accessed 15 de março de 2014
  3. SCREEN NEWS HERE AND IN HOLLYWOOD: Mariene Dietrich, John Wayne and Randolph Scott to Be Co-Starred in 'Pittsburgh' FOUR NEW FILMS ARRIVE ' Mrs. Miniver,' 'Ten Gentlemen From West Point,' 'Broadway' and 'Almost Married' By Telephone to THE NEW YORK TIMES.. New York Times (1923-Current file) [New York, N.Y] 04 de junho de 1942: 23.
  4. Loretta Young, Brian Aherne to Appear in 'The Frightened Stiff' at Columbia: 2 NEW FILMS DUE TODAY 'Men of Texas' Arrives at the Rialto and 'Sweater Girl' Opens at Central By Telephone to THE NEW YORK TIMES.. New York Times (1923-Current file) [New York, N.Y] 11 de julho de 1942: 8.
  5. DRAMA AND FILM: Welles 'War and Peace' Deal Near Maturing Sabu, Montez, Hall Scheduled for Turkish Opus; California Models Maneuver Break Schallert, Edwin. Los Angeles Times (1923-Current File) [Los Angeles, Calif] 05 de maio de 1943: A16.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cobra Woman