Coenophlebia archidona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCoenophlebia archidona
Ilustração de C. archidona, vista superior (abaixo, de asas abertas) e inferior (esquerda); retirada de Illustrations of new species of exotic butterflies: selected chiefly from the collections of W. Wilson Saunders and William C. Hewitson. Volume III (1860), de onde saiu sua descrição original como Siderone archidona.[1] A outra espécie pertence ao gênero Siderone.
Ilustração de C. archidona, vista superior (abaixo, de asas abertas) e inferior (esquerda); retirada de Illustrations of new species of exotic butterflies: selected chiefly from the collections of W. Wilson Saunders and William C. Hewitson. Volume III (1860), de onde saiu sua descrição original como Siderone archidona.[1] A outra espécie pertence ao gênero Siderone.
Fotografia do macho de C. archidona (ex Anaea archidona)[2], vista superior. Neste espécime a coloração laranja está bem próxima da de seu tipo nomenclatural, descrito por William Chapman Hewitson.
Fotografia do macho de C. archidona (ex Anaea archidona)[2], vista superior. Neste espécime a coloração laranja está bem próxima da de seu tipo nomenclatural, descrito por William Chapman Hewitson.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Lepidoptera
Subordem: Papilionoidea
Família: Nymphalidae
Subfamília: Charaxinae[1]
Tribo: Anaeini
Género: Coenophlebia
C. & R. Felder, 1862[1]
Espécie: C. archidona
Nome binomial
Coenophlebia archidona
(Hewitson, 1860)[1]
Fotografia do macho de C. archidona, vista superior (esquerda) e inferior (direita).
Sinónimos
Siderone archidona Hewitson, 1860
Coenophlebia archidona magnifica Fruhstorfer, 1915
Anaea archidona
(Markku Savela)[1]
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Coenophlebia archidona

Coenophlebia archidona (denominada popularmente, em inglês, Magnificent Leafwing)[3] é uma borboleta neotropical da família Nymphalidae e subfamília Charaxinae[1], encontrada na Colômbia, Equador, Peru, Bolívia e região Amazônica do Brasil, na floresta tropical e subtropical úmida, em transição para floresta nublada, em altitudes de até 800 metros.[3] Foi classificada por William Chapman Hewitson, com a denominação de Siderone archidona, em 1860; com seu tipo nomenclatural coletado no Vice-Reino de Nova Granada (oeste da América do Sul; Equador) e descrito na obra Illustrations of new species of exotic butterflies: selected chiefly from the collections of W. Wilson Saunders and William C. Hewitson. É considerada a única espécie de seu gênero (táxon monotípico)[1], antes pertencente ao gênero Anaea[2]; com Coenophlebia sendo o seu subgênero.[4]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Adultos desta espécie, do sexo masculino, vistos por cima, possuem as asas de contornos falciformes e com envergaduras chegando de 9 a até 10 centímetros[5], de tonalidades que vão do amarelo ao alaranjado; além de apresentar uma área castanho-enegrecida na metade superior e exterior das asas anteriores, com um desenho característico e com o formato das asas dianteiras adquirindo a conformação de um pecíolo foliar em seu ápice.[6][7] Vistos por baixo, apresentam a semelhança com uma folha carcomida, morta por algum tempo e a apodrecer no solo úmido[5]; com marcas que imitam, de maneira muito eficaz, a nervura central e suas venações; aglomeradas de minúsculos pontos transparentes e de forma irregular que simulam perfeitamente perfurações causadas por pequenos insetos[3]; tecida com manchas em prata que assemelham-se a gotas de orvalho ou ao muco de moluscos terrestres.[5][8]

Hábitos[editar | editar código-fonte]

Coenophlebia archidona pode ser encontrada se alimentando das substâncias resultantes da exsudações em folhagens e no solo. Ao alimentar-se ela parece ser extremamente "confiante" sobre a eficácia de sua camuflagem, sendo extremamente tolerante com as perturbações de abelhas, vespas e formigas.[3][9]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g Savela, Markku. «Coenophlebia archidona» (em inglês). Lepidoptera and some other life forms. 1 páginas. Consultado em 5 de julho de 2018 
  2. a b SMART, Paul (1975). The Illustrated Encyclopaedia of the Butterfly World, In Colour. Over 2.000 species reproduced life size (em inglês). London: Salamander Books Ltd. p. 220. 274 páginas. ISBN 0-86101-101-5 
  3. a b c d Hoskins, Adrian. «Magnificent Leafwing - Coenophlebia archidona (Hewitson, 1860)» (em inglês). Learn about butterflies. 1 páginas. Consultado em 5 de julho de 2018 
  4. SMART, Paul (Op. cit., p.267.).
  5. a b c STANEK, V. J. (1985). Encyclopédie des Papillons. 210 illustrations en couleurs (em francês) 4ª ed. Praga: Gründ. p. 94-95. 352 páginas. ISBN 2-7000-1312-3 
  6. Macho de Coenophlebia archidona, vista superior (fonte).
  7. D'ABRERA, Bernard (1984). Butterflies of South America (em inglês). Australia: Hill House. p. 213. 255 páginas. ISBN 0-9593639-2-0 
  8. Macho de Coenophlebia archidona, vista ventral (fonte).
  9. Neild, Andrew (24 de outubro de 2014). «P1260505b Coenophlebia archidona» (em inglês). Flickr. 1 páginas. Consultado em 5 de julho de 2018. Puerto Napo, Napo, Equador 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Coenophlebia archidona
Ícone de esboço Este artigo sobre lepidópteros, integrado no Projeto Artrópodes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.