Colina Coleta de Dados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Quatro imagens registradas pelo instrumento LORRI (Long Range Reconnaissance Imager) e com auxílio do instrumento Ralph, abordos da sonda New Horizons, foram sobrepostas nesta espetacular composição afim de criar a visão do globo de Plutão. As imagens foram capturadas quando a sonda estava a 450 mil quilômetros de distância do planeta-anão, e apresentam características tão pequenas quanto 2.2 quilômetros, no qual está destacada a área com nomenclatura em português. Divulgação: GOASA - Crédito: © NASA/JHUAPL/SwRI

Colina Coleta de Dados[nt 1] é uma área em Plutão, localizada na região interna das planícies suaves da Planice Sputnik, área que compõe o lóbulo ocidental da vasta e brilhante Tombaugh Regio (a área apelidada de Coração).[1]

As colinas foram batizadas em 28 de julho de 2015 pela equipe de pesquisa da missão New Horizons, homenageando o primeiro satélite brasileiro lançado ao espaço em 9 de fevereiro de 1993, o Satélite de Coleta de Dados 1 (SCD-1), no entanto, a área ainda não foi reconhecida pela União Astronômica Internacional (UAI, na sigla em inglês).

Estima-se que a área 'Coleta de Dados seja formada por cinco colinas ao todo, próximas dos Montes al-Idrisi, tendo uma superfície gélida.[2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. A área foi nomeada em homenagem ao primeiro satélite brasileiro lançado ao espaço

Referências

  1. «Informal Names for the Features on Pluto and Charon». Our Pluto. 28 jul. 2015. Consultado em 06 de agosto de 2015.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «We're Actively Creating the Geekiest World in the Universe» (em inglês). Io9